Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAMINHANTES DO TEMPO II


                      II

Nunca sabemos bem ao certo o que nos toca
que as distâncias que temos são intransponíveis
e as incertezas com suas leivas e desníveis
cavam largo horizonte que em nós se enfoca .

As forças naturais são óbvias e madrastas
e não podemos ter com elas concordância
resta-nos, pois, unir nas asas da distância
aqueles belos sonhos sem peias nefastas.

Abatam-se os segredos e os abutres caiam
nos abismos e neles com dores se afoguem
para que as dolorosas chagas da alma saiam.
 
As portas e as janelas se abram largamente
e qu’ às humanas frontes os sorrisos voltem
para que o sol da esp’ rança venha finalmente!

 
Frassino Machado
In ODISSEIA DA ALMA
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 03/12/2007
Código do texto: T762713
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FRASSINO MACHADO
Odivelas - Lisboa - Portugal
1828 textos (47428 leituras)
20 áudios (857 audições)
2 e-livros (25 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 20:09)
FRASSINO MACHADO

Site do Escritor