Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando penso...



O ciclo consolou a lembrança e o fim se estabeleceu,
Com um adeus perseverante e vítima de uma utopia,
O meu espírito vazio clamou  por um retorno.
A lua está cheia e com alento vivo na solidão,
Todas as minhas esperanças chegam
e os desejos aumentam  na alusão de um recomeço.
Os alísios batem e voltam,  assombram os
Meus ideais, é ficção por uma longa sina.
Invencível é a minha causa,
Por amor escavo  até encontrar o meu tesouro,
Ouso por ser guerreira de origem,
Importuno os meus inimigos, místico ou real.
Os meus olhos Jorram pelo sinuoso objetivo,
Até proferir o meu nome de guerra
E alcançar a glorificação.

Tatiana Deiró
Tatiana Deiró
Enviado por Tatiana Deiró em 04/12/2007
Código do texto: T764372

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tatiana Deiró
Salvador - Bahia - Brasil, 37 anos
21 textos (756 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 19:22)
Tatiana Deiró