Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM JUÍZO

Vou fechar as portas,
e abrir as janelas.
Versejar a penumbra,
vislumbrar caravelas.
Vou fechar os armários,
e abrir as gaiolas.
Gritar os meus cantos,
soltar os meus bichos.
Vou engolir o passado,
e ingerir presentes...
Cambalear mil delírios, em
águas ardentes.
Vou me atirar sem juízo,
nessa sanha de improviso.
Arrancar todas as vendas,
Debelar as reprimendas.
Vou sem pressa.
Vou sem verso.
Costurando os meus
avessos, remendando
as minhas fendas.
Vou sem rumo, sem navios.
Devorando as minhas lendas.
Incendiando os meus pavios.
Vou sonhar ...à luz de velas.











Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 04/12/2007
Código do texto: T764865

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 46 anos
1215 textos (60555 leituras)
47 áudios (3088 audições)
1 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 23:27)
Luciane Lopes