Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" espera "

Meus poemas inacabados esperam pacientemente . . .
Quem sabe pela esperança involuntária  que eu sinto de terminá- los com você ao meu lado.
Aguardo nova inspiração, procurando em outros olhos o que já sei, não vou encontrar tão cedo.
Seria crueldade do poeta deixar o poema sem nascer ?
Sim. Porque para nós que o concebemos, cada poema tem vida própria.
Cada poema fala de alguém ou de algo que já nos tocou o coração.
Lhe espero.
Enquanto isso, o meu coração e os poemas inacabados . . . dormem.
beto poeta
Enviado por beto poeta em 05/12/2007
Código do texto: T766124

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de José Roberto dos Santos silva e o e- mail pegasus_gja@yahoo.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
beto poeta
Guarujá - São Paulo - Brasil, 48 anos
49 textos (4036 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 10:03)
beto poeta