Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Ainda não pude me vencer"

Sempre me contradigo
Quando em palavras me dispo
E transformo-me em ciência
Ao revelar-me em incoerência.

Sou hoje um rascunho
Das coisas que não entendo,
Dos medos que me aprisionam
E de confusos sentimentos.

Condenado a razão
Desconheço o que é paixão
E sincero como um louco
Assassino amores em desgostos.

Vivo em luta inglória_
Só vencerei se eu me perder_
Porém, derrotado em mais uma batalha,
Ainda não pude me vencer.


05/12/07
Denis Almeida
Enviado por Denis Almeida em 05/12/2007
Reeditado em 18/05/2009
Código do texto: T766377

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Denis Almeida
Itaboraí - Rio de Janeiro - Brasil, 30 anos
52 textos (1893 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 01:18)
Denis Almeida