Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DECEPÇÃO!

Nas coisas do coração, vai se entender,
Até os poetas sofrem, caem em armadilhas
Os sentimentos, que pensamos serem bons, nobres, 

Queremos pra gente, de repente visualizamos
Uma coisa diferente, o outro lado da moeda,
Esquesito, mas a vida é mesmo assim...
Resta ao poeta, escrever, esquecer. Para
O homem, nem sei o que dizer!

Meu "amor" foi embora, fugiu agora,
assim da pior forma,
inda estou estarrecido, foram tantos
Sentimentos, tantas coisas faladas, vividas

Sei lá, tantos sorrisos,
E se acabou na tristeza de sua insegurança,
Uma desconfiança, afastou ela de mim!

Acho que todos temos, defeitos, momentos ruins,
Meus defeitos esponho, não escondo,
Os meus sentimentos bons, diria lindos, encontram-se
Rasgados, despedaçados no lixo do meu coração!




 EU PARTICIPEI DA MARATONA DE ACRÓSTICOS,
VEM VOCÊ TAMBÉM!
Paulo Cesar Coelho
Enviado por Paulo Cesar Coelho em 28/03/2006
Reeditado em 17/03/2020
Código do texto: T129938
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Cesar Coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2722 textos (574479 leituras)
71 áudios (7198 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 00:03)
Paulo Cesar Coelho

Site do Escritor