Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LINGUAGEM SUBLIMINAR

Será
uma
boa
linguagem,
intima
mas também
intimidatória
no seu enigma
alienatório, mas que não a fará
rarear
lá, no esconderijo
intimo,
nosso
guardará a mensagem dos outros
ufana do seu controlo
ali, onde ninguém pensará estar
guiada pelas novas ditaduras
e protegida nas nossas cegas
memórias
que se julgarão protegidas
única e exclusivamente porque não sabem
e não querem saber, embrutecidas pelo
novo mundo novo
onde tudo nos é servido
saborosamente,
é que basta apenas querer e logo tudo nos
será permitido
e
respeitado
Viveremos então felizes na
intimidade
de quem nada sabe, mas pensa o contrário
a treva está pois mais perto, já está
entre nós...
mas
tenebrosamente a jogar connosco
e a vencer um medonho jogo de
xadrez, onde
toda a estratégia está na posse de apenas um lado...
o vencedor...
solitário pelo jogo pérfido
com que se alimenta
onde reina
majestática e
obviamente
E assim
se perpetuam
tempos das trevas
escondidas nas
masmorras das
almas
sabiamente
enlatadas
sabiamente pelas
Tv’S e Net’S,
e
é
abismados que nos
pasmamos
em frente desses Grandes Irmãos
nossos novos
amos
sem o assumirmos
admirar-nos-emos quando soubermos que a
brincar nos
roubaram a
intimidade e
nos deixaram
com
a crença que continuamos nós, indivíduos; na verdade, somos apenas mais um do
rebanho...

Poema protegido pelos Direitos do Autor
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 14/05/2006
Código do texto: T155922


Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5532 textos (188191 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/02/21 03:24)
Miguel Patrício Gomes