Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU PAI

P ai, você sempre eu pude ver
E m todas situações da lida
D edicado, homem valente
R esponsável, competente
O meu exemplo de vida.

E devo, mesmo em sua ausência
S er íntegro, e em obediência
M  esmo sem alguém por perto
E em tudo fazer o que é certo
R espeitar sem subserviência
A mar, servir este é o lema
L idar sem criar problema
D eixar o mal isolado
O orguho deixar de lado.

D efender a honra (tenha ciso),
A rriscando a própria vida, se preciso.

S audade dos conselhos teus
I nda que contrários aos meus
L evianos pensamentos
V iver, a honrar-te e a Deus
A mar-LO em cada momento.

------
Homenagem póstuma a meu PAI, mas extensivo a todos os genitores que são dignos, juntamente com as respectivas mães de honra e louvor.
Ciso = juízo
Alelos Esmeraldinus
Enviado por Alelos Esmeraldinus em 06/08/2010
Reeditado em 10/08/2010
Código do texto: T2421438
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alelos Esmeraldinus
Gama - Distrito Federal - Brasil, 67 anos
3618 textos (150784 leituras)
182 áudios (10836 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/07/18 01:00)
Alelos Esmeraldinus