Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homem capaz de amar, que ama e é amado.
Ofusca qualquer preconceito social.
Mostra que o amor é incondissional e puro.
Ostenta o desejo de ser livre.
Sente na alma quando o torna invisível. 
Sentimentos a flor da pele brotam a todo instante.
Enxuga as lágrimas causadas pela ignorância alheia.
Xiu, cala-te ô boca conservadora e destruidora,
Ungi-se de arrependimento.
Alivia suas dores na esperança de dias de paz.
Liberdade eu quero gritar!
Insegurança nos deixa aprissionados. 
Devemos nos esconder? 
Avante todo sempre é o que vamos fazer. 
Destruir o ódio de ontem, hoje e o de amanhã.
Estimamos um futuro melhor. 

 
Leandro Augusto Nogueira
Enviado por Leandro Augusto Nogueira em 06/09/2019
Reeditado em 06/09/2019
Código do texto: T6739013
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Leandro Augusto Nogueira). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leandro Augusto Nogueira
Jacareí - São Paulo - Brasil, 32 anos
215 textos (7567 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 07:26)
Leandro Augusto Nogueira