Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noite serena ou poesia

Nunca ousara
Ontem, sem mais
Içou as velas
Tirou a âncora de Vênus
E deixou o coração se levar

Sereias dançam
Excitadas pela lua
Rigel, o mais brilhante
Entre os astros
Navega
Atrás de noites antigas

O momento nem exigia
Uma analogia

Perde a prudência
Ousa em céu aberto
Escolhe horizontes
Sem serventia
Instinto leva o leme
Até o outro dia
vila
Enviado por vila em 02/12/2019
Reeditado em 02/12/2019
Código do texto: T6808744
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Compartilhar no WhatsAppCompartilhar
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
vila
Palmeira das Missões - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
2711 textos (48670 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/19 22:23)
vila