Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu filho Augusto

M inha vida, meu amor, meu querido bem querer

E u aqui fico a pensar, e me pus a poetar...

Um dia eu te quis, em meu ventre esperar,

Filho, amigo, pequeno príncipe, meu grande despertar!

Ilusões deixei pra trás, fui mãe pela segunda vez!

Li em seus olhos a necessidade de amor, de colo e afago... e

Hoje és realmente, meu pequeno homem grande!

O amor que te devoto é maior que o Universo...

A U G U S T O,  meu frutinho... meu ainda, pequeno sucesso!

Um dia, irás voar... como a ave passageira,

Gostando eu ou não, voará de qualquer maneira.

Um dia serás homem feito, e eu ficarei aqui

Sentada, fotos nas mãos... com saudades, mas com a certeza:

Tomarás o rumo mais certo, pois sempre plantei em seu peito

O amor, o bem e a certeza de ser o meu grande, meu maior amigo!
Cláudia Marques
Enviado por Cláudia Marques em 21/10/2007
Código do texto: T703194

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Marques
Cruzeiro - São Paulo - Brasil, 43 anos
237 textos (159421 leituras)
2 e-livros (109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 01:57)
Cláudia Marques