Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

*OPINIÃO DO LEITOR
 (sobre o livro Sofie)
Por Lucia Menezes

Em primeiro lugar cumprimento aos presentes a este evento que abrilhanta a ação do SESC, à diretoria e ao TSI, na pessoa da Inês Coutinho, em nos proporcionar a oportunidade de mostrar a vocês que o SESC se importa e contribui para o enriquecimento das letras através do despertar do gosto por escrever as ideias e passear pela imaginação, e do incentivo à continuidade do processo de escrever; ao professor Márcio, nosso digníssimo e competentíssimo orientador, que transmitindo seu conhecimento de uma forma didática e lúdica desperta em alguns de nós, ou fomenta em outros essa capacidade maravilhosa de deixar para as novas e futuras gerações os instrumentos de perpetuação das nossas histórias, estórias e poemas. Sem os livros que publicamos sob sua batuta não sei se teríamos o mesmo sucesso.

O Livro da Sônia, dentre nós da Criação Literária, a escritora mais publicada e mais premiada, não obstante suas diversas publicações anteriores, devo dizer que eu, que nunca publiquei um livro sequer, me sinto honrada e ao mesmo tempo temerosa em tamanha responsabilidade. Em primeiro lugar perante uma escritora, acadêmica, várias vezes premiada e medalhada, em outros estados e até outros países e em segundo lugar perante os presentes aqui, neste salão.

De tudo que já li, compreendo a novela “Sofie Um amor criminoso”, como uma denúncia e ao mesmo tempo um alerta a nós que acessamos e participamos das redes sociais disponíveis na internet. No decorrer da novela, Sofie dialoga com a amiga Solange. Achei interessantíssimo o translado do idioma natural do assediador para o inglês e depois para o português o que resultou numa linguagem truncada, macarrônica mesmo, devido ao tradutor usado que não usa a linguagem coloquial. Como por exemplo, traduz “Como vai”? Para “Como você está fazendo (rs) e “Gostaria de ser seu namorado”, para “Eu vou te amar para ser seu bom amigo (rs)”. Contudo, apesar do cuidado que ele teve como sedutor, tal qual um lobo em pele de cordeiro, disfarçando muito bem seus propósitos, de repente, nas últimas cartas transparece a farsa, mostrando como o golpe do criminoso foi bem planejado, visando dar uma ideia de bom moço procurando uma mulher que o compreenda e o aceite.

A personagem Sofie, inteligentemente usa dos recursos disponíveis na internet, pesquisando na plataforma Google. Daí ela chega a crucial resposta que demonstrou ser determinante no desfecho do que poderia ter sido um romance de graves consequências para uma pessoa romântica e suscetível. A personagem é sensível, porém tem os pés bem plantados no chão.
Recomendo lerem o livro atentamente, achando necessário releia, porque como no início, penso que além de uma corajosa denúncia, representa uma alerta, para qualquer uma de nós.
Meus cumprimentos à escritora Sônia Nogueira.
Lúcia Menezes
Fortaleza, em 09/07/2018
Fim da conversa no bate-papo
Digite uma mensagem...

 
Lucia Menezes
Enviado por Sonia Nogueira em 10/07/2018
Código do texto: T6386411
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2396 textos (133678 leituras)
13 e-livros (879 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/18 18:16)
Sonia Nogueira

Site do Escritor