Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JUDD MARRIOTT MENDES

 
Tu és brilho, é energia,
Tu já descobristes a dobra da luz.
Tu estás em que século mesmo?
Caro amigo ainda não ouvir falar
De alguém com teu carisma, tua rapidez intelectual,
Com o conteúdo de tua massa cinzenta.
Faço-te este pequeno artigo.
Que sei semeará por atração cósmica e transcendental,
Por todo o espaço sideral, sementes de amor.
Quisera conheça línguas, alienígenas,
Pois sei que lá já te conhecem.
Muito grato, grato sim por tua inexplicável
E impulsionante inspiração.
Pois sem ela este texto ainda estaria pairando no infinito
Esperando o dia em que um poeta o fosse liberta-lo.
E ofertar-te com um longo sorriso.
Pois que é merecedor JUDD MARRIOTT MENDES.
Vejo-te um homem sempre em constante evolução.
Um exemplo de atenção com todos.
Aqui no Recanto, é difícil o poeta que não te conheça.
A poesia sorri quando tu pegas na caneta,
E as letras aplaudem, porque saíram,
Sinais, profecias, aberrações, pragas, risos e milagres.
De belezas tamanhas no mundo.
Como uma nave que parte e alcança dobra cinco,
Semeando pelas galáxias teus mistérios,
Para que teu nome seja exaltado como do bem.
E aqui entre nos, só posso te dizer amigo,
Muito grato mais uma vez por tua pessoa
Ter-me inspirado este texto
Que como o diamante desta imagem
Representa a eternidade, sejam sim eternos.
A tua eternidade.

Salvador, 31 de janeiro de 2018.
Barret.
BARRET
Enviado por BARRET em 01/02/2018
Código do texto: T6242718
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BARRET
Salvador - Bahia - Brasil
842 textos (76295 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/19 18:06)
BARRET