Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O que é ser professor

O amor à profissão. O desejo de ensinar e se ensinar cada dia de nossas vidas é o ato do professor. Somos todos os dias levados a aprender todos os momentos a eles: a arte de ensinar. E o ensino do professor é crucial para o crescimento, da humanidade e de formar novos cidadãos com a coerência de se sentirem amados pelos alunos e alunas deles. A semear o bem com o amor verdadeiro de ensinar a ter parcimônia e edificar a casa da sabedoria assim deve se chamar as escolas de hoje. Muitos buscam a eternidade em aprender a escrever e ler, mas isso vai muito além de nossas capacidades e essências. A natureza do ser humano é aprender para ensinar e ensinar para aprender a discernir o certo do errado e o errado do certo por restante nosso conhecimento de indagar e questionar tudo o que nos é ensinado. Como labor de profissão a profissão mais importante é ele. E todos os  dias agradecermos pelo nosso professor muitos queridos outros teimosos em entender o discente docente. A luz da aurora de se ensinar é como chaga flamejante indo de vento em polpa como folguedos intransitáveis de fés inabaláveis em ensinar e eternizadas no bem se sempre desejar. Professor bom não é somente aquele que ensina, mas o que torna o aluno o seu melhor amigo sincero e verdadeiro e de coragens inefáveis de coração amicíssimo. Todo o torpor de pazes que o professor traz não é apenas conhecimento, mas fé na humanidade e que o aluno trar-lhe-ia sempre bons comportamentos e boas notas ao longo dos anos. Somos levados aos longos dos anos a termos mestres  e doutores e especialistas, licenciaturas e bacharelados em nossos discernires ao longo de nossas vivências. Como dizer que estudar não é bom, mas sim ótimo para acrescentar conhecimento, fé e realidade e carisma em seus alunos, sedentos de fome de saber. Os alunos somos todos nós, pois passamos a vida inteira aprendendo e ensinando e de encorajamento servil e social o caráter de cada ser aprendiz ente. Buscamos sempre aprender nem que usemos o celular, o livro e o computador, todo o conhecimento é válido se não causa problema a que, estuda e que pode nos dar soluções de problemas diversos. Somos como palavras soltas de versos soltas com amores diversos ao longo de nossas curtas existências. O problema do professor não é o aluno e sim cativá-lo e conquistar o discente com amor aumentativo e semblante sereno e de paz urgente porque a humanidade necessita de mais professores e mestres. Estamos na linha vermelha de absorver a massa de professores bons e de contratar mais. O país não tem como pagar para contratar quase vinte milhões de professores que o Brasil, país nosso, deveria ter. Muitos estão passando quase que uma fome de conhecimento crucial para a população humana e sem precedentes. Somos mais de duzentos e dez milhões de brasileiros e a chaga que não comporta o país é ter dinheiro o suficiente dinheiro para pagar os educadores. E todos os momentos são.
Gumer Navarro
Enviado por Gumer Navarro em 11/09/2019
Código do texto: T6742643
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gumer Navarro
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
1236 textos (4422 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 08:12)
Gumer Navarro