Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COM TRÂNSITO NA ESCOLA, MENOS MORTES NO TRÂNSITO

Gerardo Carvalho Frota (Pardal (*)

Estamos em mais uma Semana Nacional de Trânsito, setembro/ 2018. Quando os nossos governantes irão se  convencer de que as mortes no trânsito só diminuirão quando houver educação para o trânsito na escola?
O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prescreve no seu art. 76 que “a educação para o trânsito será promovida na pré-escola e nas escolas de 1º, 2º e 3º graus, por meio de planejamento e ações coordenadas entre os órgãos do Sistema Nacional de Trânsito da União, dos Estados, Distrito Federal e Municípios”. No Art. 19, o CTB coloca como competência do DENATRAN “promover em conjunto com os órgãos competentes do Ministério da Educação e do Desporto, de acordo com as diretrizes do CONTRAN, a elaboração e implementação de programas de educação de trânsito nos estabelecimentos de ensino”. E o mesmo DENATRAN é quem administra o fundo nacional de educação e segurança de trânsito. Você sabia que para este fundo vão 5% dos valores das multas aplicadas aos usuários de todo o país?  Um dinheiro para ser aplicado em programas, campanhas e nas escolas. Por onde andará este fundo?
Resultado de tudo isso é que Trânsito ficou incluído entre os Temas Transversais no Plano Curriculares Nacionais (PCN). É o que chamo de tema atravessado. Atravessa-se apenas na Semana de Trânsito e no resto ano não se toca mais no assunto. Direções de Escolas, Secretarias de Educação estão cobrando nos planejamentos escolares? Ou ainda fica na omissão? E as mutilações e mortes acontecendo todo dia. Defendo Educação para o Trânsito como uma disciplina em umas das séries do Ensino Fundamental e no ensino médio, como por exemplo, educação artística no sexto ano em currículos passados. Findo o ensino médio, o aluno, candidato CNH, faria apenas as aulas práticas. Você já leu em jornal ou ouviu em telejornais notícias de alguém que morreu porque não sabia matemática, português, geografia? No Brasil, por ano, quantos morrem porque não sabem trânsito? Cerca de 50 mil. Só com trânsito na escola, haverá menos mortes no trânsito.

(*) Gerardo Carvalho (Pardal) - filósofo, bacharel em Comunicação Social, educador de Trânsito
Gerardo Pardal
Enviado por Gerardo Pardal em 01/04/2020
Código do texto: T6903926
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Gerardo Pardal
Fortaleza - Ceará - Brasil, 63 anos
41 textos (573 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/05/21 19:17)
Gerardo Pardal