Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
*** POETIZANDO A NOTÍCIA (Décima) ***
ABBAACCDDC
 
 
Tudo que se refere ao presidente.
São peças fantasiosas da oposição.
O governo muda a sua composição.
Ter o poder é a prática recorrente.
O povo que nade contra a corrente.
Por bem menos, a Dilma foi cassada.
A pátria, todas as horas é saqueada
O parlamento se quer tem decência.
Faltam aos parlamentares sapiência.
A tal democracia vem sendo ameada.


**********************************


 
Não é fantasiosa a acusação, diz relator sobre denúncia.
 
 
     Sérgio Zveiter defendeu que as investigações contra Michel Temer tenham continuidade; governo quer barrar relatório.
 
 
LUMA POLETI
lumadutra@destakdf.com.br
 
 
     Com o relatório que poupou palavras sobre a gravidade dos indícios apontados na denúncia da Procuradoria Geral da República, o relator Sérgio          Zveiter (PMBD-RJ) defendeu o avanço das investigações contra o presidente Michel Temer. Ao concluir o relatório de 31 páginas, Zveiter foi aplaudido por alguns colegas.
     Apesar de ser do mesmo partido do presidente, Zveiter afirmou em seu voto que “impedir o avanço das investigações e seu devido julgamento seria ampliar perigosamente o abismo entre a sociedade e as instituições que a representam”. O governo esperava que o relatório fosse a favor da denúncia, mas a avaliação foi de que o tom adotado foi pesado. Para contrapor, aliados de Temer apresentarão voto em separados.
          “Minha filiação partidária, claro que sempre influencia em alguns votos que eu venha a proferir, mas neste caso o que prevaleceu foi a minha condição de Deputado Federal”, disse Zveiter. “Não recebi contato de nenhuma pessoa do governo. Tive um tratamento muito respeitoso de todos os meus colegas da Câmara”, acrescentou ao deixar a CCJ.
          Agora o governo conta os votos para tentar aumentar a margem de vantagem. O governo espera ter 40 votos na Comissão de Constituição e Justiça, mas membros da oposição garantem que o placar não chega a tanto e calculam que depois das últimas mudanças na composição do colegiado o planalto teria 38 votos.
 
     Rito
 
     O advogado de Temer, Antônio Cláudio Mariz, fez z defesa do presidente após a leitura do voto do relator. Ele desqualificou a denúncia da PGR e disse que é “mentira que o Presidente da República tenha recebido um vintém”.
     Foi concedida vista coletiva, e o item retorna à pauta de CCJ amanhã. Em seguida começa a fase de debates, na sequência, os Deputados votam.
 
 
Fonte: www.destakjornal.com.br – edição nº 1730 – Ano 8 – página 04 – 11/07/17 – Terça-feira – Brasília.
 
 
 
 
José Aprígio da Silva.
“Lorde dos Acrósticos”
Stenius Porto.
“Dom Lorde”
Terça-feira, 11 de julho de 2017 – 16:57

 
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 12/07/2017
Reeditado em 12/07/2017
Código do texto: T6052334
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 61 anos
1921 textos (183111 leituras)
1 áudios (52 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/04/21 13:07)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA