Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O futuro chegou...infelizmente é o que tem pra hoje

     
       Há alguns anos, quando eu era criança, eu só ouvia dizer que o Brasil era o país do futuro, eu até doei “Ouro para o bem do Brasil”. Quando eu cheguei a adolescência ainda ouvia isso e eu sempre acreditei que esse dia chegaria. É claro que quando a gente é muito jovem, especialmente num tempo onde não havia internet e a informação não era tanta como hoje, ainda era possível sonhar e acreditar nas promessas políticas.
       Hoje quando estou na fase mais que madura, na “envelhecência” eu chego a conclusão que o futuro que se bradava aos quatro ventos é que o Brasil seria sim o país do futuro, mas de um outro futuro.
       Um país gigante, continental, com muita riqueza e um povo pobre, tão pobre que sequer sabe o quanto é roubado e explorado diariamente por seus próprios conterrâneos.
       As escolas e faculdades não são mais para formar cidadãos com habilidades e conhecimentos em pról de ajudar a alavancar o país à modernidade, às tecnologias avançadas, às ciências; estas viraram celeiros de criaturas estúpidas que ao invés de estudarem com afinco para ajudar o Brasil a prosperar estão ruminando maneiras hostis de derrubar tudo que possa ser benefício para as próximas gerações. Criaturas que não querem mais sair das universidades para a prática do aprendizado, mas continuarem lá dentro se drogando, fabricando drogas e imersos em orgias, produzindo conteúdos pífios.
       Não se vê das nossas universidades e faculdades grandes teses que contribuam para o bem do país e do mundo como era de se esperar, as teses que aparecem no rankin são chulas e nos envergonham já a partir do título, mostrando o retrato fiel do que se passa dentro dessas instituições.
       Finalmente depois de muitas décadas de sofrimento e adormecimento conseguimos eleger um presidente honesto e que luta ferozmente para devolver aos brasileiros o sentimento de brasilidade, de patriotismo perdido desde aquele tempo em que eu era criança, mas queria também fazer a minha parte doando ouro para o bem do Brasil.
       Entretanto só isso não basta! Um presidente honesto e ministros competentes, honestos e conhecedores da sua área de atuação é muito pouco para tirar o país do atoleiro e da balbúrdia em que foi enfiado nas últimas décadas. Não temos um Congresso com a mesma disposição e competência, temos ali dentre os mais de 600 congressistas uma meia dúzia bem intencionada; ou seja é uma gota fria numa chapa quente!
       Temos uma enormidade de partidos e é claro que não temos tantas ideologias, então para quê tantos partidos?
       Como se isso ainda não bastasse, temos uma corte suprema :o Olimpo com seus 11 deuses!
       A gente imagina que o país tem uma suprema corte de pessoas com um grande conhecimento: chamado de notório saber, pessoas de moral ilibada, para defenderem a Contituição e as leis.
       Bom isso é o deveria ser, mas não é!
       Congresso e Corte juntas conspiram para não deixar o país sair do abismo em que se encontra. Durante as décadas em que o Brasil foi depudoradamente estuprado por governantes que dilaceraram nossa população, roubando nossas riquezas, vendendo o que podiam e o que não podiam porque não lhes pertencia, são os mesmos que estão no       Congresso há anos e passando o legado político a filhos e netos que enriqueceram usando desta prática.  Formaram braços que se ramificaram pelo país em estados e prefeituras dominando tudo.
      Homens de negócios! Negócios escusos e que para manterem seus negócios vão se perpetuando no poder por gerações, explorando, estuprando e roubando, mas que como “senhores das lei” por elas não podem ser apanhados! Ali dentro daquela casa que deveria ser do povo se escondem os maiores bandidos dessa nação, ladrões, chefes de quadrilhas, narcotraficantes, depredadores das  nossas riquezas minerais, de ouro, prata e pedras preciosas. E tudo isso com as bênçãos da suprema corte!
       Uma suprema corte que deve favores àqueles que os colocou nessa posição tão estratégica, onde não é preciso prestar contas a ninguém, onde se desfruta de todas a benesses ainda que o povo se arraste na mais profunda miséria enquanto eles comem lagostas, vinhos e champangnes premiadas. Viajando para todos os países do mundo com esposas filhos e quem mais quiser às nossas espensas, passando férias a custos generosos; ao passo que o povo até para trabalhar vai chacolhando dentro de um veículo público caindo aos pedaços e pagando caríssimo.
       Suprema Corte, só rindo mesmo, porque nem sequer tente falar mal desses deuses, averiguar seus impostos de renda, nem pensar! Nós pobres mortais somos investigados diariamente para saber se enganamos a receita, se falamos mal dos deuses do Olimpo, mas eles são intocáveis!
       O mesmo não acontece com os bandidos, sim porque pobres bandidos, são vítimas da sociedade, é preciso rigor quando se prende esses pobres seres. Tem que ter audiência de custódia pra saber se não foram maltratados ( que dó desses sofredores, tão vítimas). As famílias que tiveram vidas de entes ceifadas, estupradas ou roubadas, essas não, esses não precisam de “direitos humanos”
       Quem tem um Congresso que aprova uma lei onde o bandido é mais importante que a polícia, juíz e qualquer outra autoridade que pretenda o investigar ou sequer algemar, não precisa de inimigos!
       Aqui no Brasil vigora a “bandidolatria”, direitos só para bandidos, mas atenção, bandidos que roubam bastante. Não é para bandidinho pé de chinelo que rouba um pote de margarina ou um pacote de biscoito, esse cai na cadeia e fica lá servindo de “marmita” para os outros presos.
      Assim, por mais que eu queira ter bons sentimentos, por mais que eu queira lutar ( isso não é desistência taokey?) eu olho e percebo que vai levar muitos anos até que se mude esse estado de coisas que foi construído devagarinho enquanto dormíamos anestesiados com carnaval, futebol e outras coisas.
      Sinceramente eu não vejo vitória a não ser com derramamento de sangue, não mesmo!         O povo tinha que pegar em armas e lutar para que isso pudesse ser mudado rapidamente. Sim, uma revolução!
      Maaaaaasssss, isso não vai acontecer num país já tão idiotizado pela esquerda e com um povo que sua pacificidade chega a ser muito irritante!
      Então vamos continuar vestindo a surrada camisa amarela e indo para as ruas, ninguém lá no Congresso e na Corte liga mais pra isso, pelo contrário, riem da nossa ingenuidade!

      Ah, antes que eu me esqueça: Bolsonaro tira as mordomias de todo o Congresso e da Suprema Corte (sic) e coloca no exército! Precisamos muito mais de um exército forte do que sustentar o luxo essa gente!


Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 20/08/2019
Código do texto: T6724742
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
1067 textos (59610 leituras)
25 áudios (3289 audições)
1 e-livros (248 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/19 06:37)
Angélica Teresa Almstadter