Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UCRANIZAR, não tem outra saída!

                                                       
        O povo se acomodou e se acostumou a ter muitos direitos e quase nenhum dever; a nossa tão propalada constituição não tem regras claras é totalmente interpretativa, ou seja, ela é dúbia em sua maioria. E como se pode interpretar a “verdade” quando quem está lá em Brasília não a quer?
       Quando a carta magna foi escrita (1988 promulgação)  ela tinha  claro que era para transformar o país em uma pátria comunista (alguns falam socialista, eu prefiro a real: comunista). Na época não sabíamos, não tínhamos esse conhecimento, mas é claro que quem coordenou e participou sabia exatamente o que estava fazendo.

        Sou de uma época onde se respeitava os costumes, a religiosidade e as pessoas tinham ética. Podem me chamar de nostálgica, parada no tempo, qualquer coisa que o valha, só que mesmo com todas essas pechas ainda sou uma testemunha dos acontecimentos porque os vivi!
        Sou de uma famíla simples onde em casa havia ordem, obediência e muito patriotismo, na minha casa a palavra dos mais velhos era a lei e não ousavamos desobedecer e muito menos confrontar. É claro que o mundo vai evoluindo e as pessoas vão se modificando principalmente por conta das muitas informações ao longo do anos.          Com introdução da televisão nos nossos lares as pessoas se modificaram muito, foram trazidos novos costumes, vindo da comunicação que foi muito ampliada e depois mais e mais com o advento da internet. Hoje sabemos o que se passa no mundo!
       Infelizmente o ser humano, como pessoa, não evoluiu, ao contrário, vive acomodado no seu mundinho querendo fazer uma revolução sentado defronte a uma máquina! E não vai rolar!

       Os mais espertos se atiraram na política em busca do poder, do dinheiro e da fama e como estão lá no alto isolados do povo que fica no seu mundinho xingando e protestando, estão cagando para o que pensamos  ou queremos.
       Infelizmente o povo brasileiro nesses mais de 30 anos aprendeu a ficar cada vez mais malandro, a dar sempre um jeitinho, um gato na luz, um gatonet e passando sempre a perna no outro. Com isso ficamos conhecidos como um povo malandro, preguiçoso e sem ética. E é esse povo sem ética, sem caráter que elegemos para nos governar! Sim aqueles que estão lá no Congresso saíram de dentro do nosso meio, sim senhor, não vieram de Marte. Eu não sei como eram antes de eu puxar pela minha memória, sei o que ouvi dos meus mais velhos que não era essa vergonha que é hoje.

        Assim meus caros acabo de chegar a triste conclusão que o Brasil que já foi chamado de “Pátria do Evangelho” não passou de um balão de ensaio e hoje somos o país da Impunidade Total, da Falta de Vergonha, da Falta de Ética e da Total falta de comprometimento com uma Nação de dimensões continentais onde vivem mais de 200 milhões de brasileiros.
       Um país onde a beleza é exuberante, onde a riqueza em todos os níveis é invejável aos olhos do mundo, mas também onde há a maior falta de caráter! Onde não existe justiça e o poder é sinônimo de dinheiro fácil a custa do contribuinte trabalhador.

       Não nos vale de nada termos eleito um presidente honesto e termos ministros preparados para colocar o Brasil no patamar mais alto se temos uma suprema corte, senado e câmara de deputados empenhados em continuar exercendo a profissão de bandidos. Ali na casa do povo onde o povo não é bem vindo é que se decide os rumos do país e os que lá estão só fazem leis para se defenderem e punirem quem por ventura se atrever a investigar os crimes que costumeiramente cometem.
       A suprema corte onde ministros que jamais chegaram ao posto de juízes e que não detém o notório saber troca gentilezas com essas casas, onde uns encobrem os outros e se juntam para atacarem o povo de todas as formas. O Presidente, esse é mero enfeite, não tem poder algum, ainda assim ele trabalha incessantemente para cumprir o que prometeu em sua campanha. (esse presidente)

       Deveríamos viver num regime presidencialista, mas não, o poder todo está assentado sobre dois pilares; o presidente do senado e o presidente da câmara de deputados e ainda temos a Suprema corte legislando, investigando, julgando e punindo, ou seja, temos um regime de aberrações!
      Como as regras eleitorais são também corruptas levam para essas casas ( isso também está nas estruturas menores) pessoas que sequer tiveram votos suficientes para serem eleitos, porque o que vale são as legendas. Além do que temos urnas sem votos impressos, urnas que não podem ser auditadas e que não tem a confiança da população.
       Os deputados eleitos, assim como os senadores, com raras exceções, não tem compromisso nenhum com seus eleitores porque visam somente o poder e o dinheiro e vivem dioturnamente articulando para se manterem dentro dessa esfera maligna que criaram.

      É por esses e por um sem número de motivos que vemos ataques diários a democracia.    Não posso me furtar em dizer que a imprensa escrita e falada é também um grande propagador desse nefasto conluio entre Congresso e STF, apoiando e sustentando os ataques porque ela própria se ocupa em atacar a democracia diariamente na pessoa do presidente da república.
       Sabemos os motivos desses ataques tanto da mídia quanto do Congresso e da suprema corte; o governo eleito é um homem honesto e não se curvou para nenhum segmento. Em outras palavras não aceita o toma lá da cá, não entra em negociatas com o dinheiro do povo e não distribui verbas para a imprensa falar bem dele.
       É bem possível que ele seja apeado do poder e a esquerda volte ao poder, porque assim querem os insatisfeitos com a honestidade, com a ética e com a democracia. A abstinência dos senhores legisladores pelas propinas já os deixou desnudos diante da população, já é visível nos seu olhos quando interrogados pelas mídias a sede e a ganância pelo poder.

      Entretanto sentados defronte às nossas máquinas maravilhosas em que temos o mundo nas mãos não vai ser possível retomar o poder e tirar do Congresso e da Suprema Vergonha aqueles que tanto mal fazem a nossa jovem democracia.
      O poder está centralizado no coração do Brasil e o Brasil é imenso, temos 8.511.000 km² e 26 estados, quase impossível levar uma grande população a Brasília para protestar. Isso não quer dizer que não podemos fazer nada!!

      “Pelas vias democráticas as reformas não virão tão cedo” palavras de Carlos Bolsonaro. E é verdade, por mais que pareça duro essa constatação.
Só NÓS podemos mudar essa situação!
Só NÓS podemos dar força ao presidente que escolhemos democraticamente.
Só NÓS podemos arrancar as ervas daninhas que estão no Congresso e demais casas destruindo as nossas leis e nossas vidas.

Num país onde a democracia e justiça já foi violentada e prostituída de forma tão vil só existe uma saída : UCRANIZAR!!!



 
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 25/09/2019
Código do texto: T6753805
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
1083 textos (60447 leituras)
25 áudios (3289 audições)
1 e-livros (251 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/11/19 05:02)
Angélica Teresa Almstadter