Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gerações imbecilizadas

                             
       Enquanto houver uma parcela considerável da população gritando “Lula Livre” fica muito difícil pensar num futuro saudável. Como se pode levar a sério um país onde ainda existam pessoas que babam ovo em cima de um ex presidente bandido que roubou o Brasil desavergonhadamente como esse ser?
Ele não só roubou dinheiro, ele roubou futuro, esperança, vidas, destruiu gerações inteiras, destruiu a juventude. Através dele e suas “hostes” as artes foram corrompidas, a cultura degringolou. Vivemos num país aos cacos!
       Pra mim é muito difícil compreender como as pessoas negam o óbvio, mesmo com tantas provas estampadas para quem quiser ver, mesmo as pessoas vivenciando o cenário de destruição em que essa criatura perversa e seus séquitos fizeram a esse país!
       Até pra mim que tive por algum tempo minha sanidade sequestrada por essa infeliz seita chamada PT. Sim, faço mea culpa diariamente por ter caído no canto da sereia desse mitômano. Acontece que  tenho inteligência suficiente para compreender  o que é essa esquerda e seus puxadinhos e saí antes de virar um fantoche.
       E foi num tempo onde não tínhamos internet e nem tanta informação como hoje.  Quando jovens temos anseios e nem sempre estudamos aquilo a que nos submetemos porque somos levados principalmente como protesto aos mais velhos, querendo nos mostrar “revolucionários”, pensando em mudar o mundo.

      Nos dias de hoje quando assistimos nossos jovens universitários tão bestializados dá uma desesperança muito grande, afinal eles serão os dirigentes dessa nação!
     Mas o fenômeno não se dá só no Brasil, é mundial. Eu venho escrevendo sobre o emburrecimento das pessoas há pelo menos 10 anos, e é claro que a medida que o mundo vai evoluindo e as tecnologias se atualizado, vamos apurando nosso conhecimento, mas o que se vê é que as pessoas se acomodaram de tal forma que sequer exercitam a mais nobre função do ser humano que é :Pensar!
      E quando não temos mais pensadores, somos arrastados como cardumes em pensamentos coletivos.

      Vivemos o tempo da Pós Verdade, e seja lá o que ela possa ser não existe nada além da verdade já estabelecida!
       Hoje questiona-se tudo, até as coisas que foram provadas científicamente mesmo que não seja com outras provas científicas. Como se pode questionar a biologia que comprovou cientificamente que só existe 2 sexos; xx e xy. E que desde o começo do mundo é só esses 2 sexos que existem sobre a Terra!
       Querem nos fazer aceitar que a “engenharia social” a “construção social” é que decide o sexo e que para além de um 3º sexo pode existir uma imensidão de “gêneros! Sim, agora não temos sexo e sim gênero.  Não temos mais pai e mãe e sim genitor 1 e genitor 2.  Lamentável ter que ao fazer um cadastro engolir essas coisas!
      Eu consigo à luz do entendimento espírita compreender  pessoas que não se aceitam dentro dos seus corpos, por terem na cabeça conflitos resultantes de vidas anteriores. Só isso! Eu entendo e respeito, o resto é modismo, imposição das minorias para afrontar e se fortalecer.

       Mas o que me assusta é a bestialidade do ser humano, onde as pessoas resolveram afrontar a ciência  querendo questionar a ida do homem a lua. Discutir e afirmar que a Terra é plana! Que os Evangelhos foram manipulados, que quase tudo que tem na Terra tem ligação com Et's. Onde já se viu afirmar que não houve o Holocausto? De tempos em tempos o homem surta e inventa alguma coisa para fazer a população entrar em comoção e se idiotizar.

      Pra mim o maior mal de todos os tempos não é só a falta de instrução, de conhecimento é a decadência total dos seres humanos que vêm perdendo seus valores e se perdendo da criação divina. O homem foi criado a imagem e semelhança de Deus para progredir e se tornar o senhor na Terra, só que ele se perdeu dessa direção e se separou do divino, deixando seu lado inferior e instintivo comandar até o seu cérebro que só reage aos estímulos humanos deixando de lado seu compromisso espiritual.
 
       Vivemos uma guerra tenebrosa onde espíritos inferiores, hostes malígnas estão guerreando contra a criação de Deus!
       O ser humano se afastou tanto de Deus que não sabe mais como se proteger dos ataques dessas legiões das trevas.
      E quando se fala dessa guerra, quando se afirma que o mal vem dos seres trevosos, a maioria ri e debocha porque já é um ser cooptado  e vive dias de muitas dores. Nunca houve tanto vazio dentro das pessoas, nunca houve tanto desencanto e tanta depressão no mundo.

       Assim quando se vê uma parte considerável de pessoas defendendo o indefensável, lutando para destruir ao invés de construir fica muito patente que; ou as pessoas estão entorpecidas pelas trevas ou estão adormecidas dentro dos seus próprios casúlos com medo de sair deles para lutar.

      Jesus já dizia : "Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca." (Apocalipse 3 : 16). Ele nos convida e lutar e não a viver uma vida de mentira, de fachada e conformismo.

      A transformação do mundo vêm através da sensibilidade do homem que é capaz de captar as nuaces mais belas da arte que vive nos planos superiores e que através de tênues ligações consegue transportar para o mundo físico em forma de músicas, quadros, literatura etc. São essas as maravilhas que vão polindo e insuflando dentro das pessoas sentimentos bons, edificantes. Mas quando os seres estão embotados pela perversidade e pelas paixões inferiores ele não consegue alcançar a magnitude das artes complexas e belas; falta-lhes sutileza!
     O bestial só consegue entender a bestialidade! E ao olhar para a história é possível perceber que as artes são o melhor termômetro de uma civilização.
     Um minuto de silêncio por algumas gerações perdidas e para pensar como encontraremos o caminho de volta.






Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 04/10/2019
Código do texto: T6761295
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 64 anos
1083 textos (60447 leituras)
25 áudios (3289 audições)
1 e-livros (251 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/11/19 04:44)
Angélica Teresa Almstadter