Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"UMA JUÍZA SEM JUÍZO ALGUM" - Escrito com revolta e indignação-


É simplesmente revoltante ficar sabendo que uma juíza, sem juízo algum, liberou em pouco mais de 40 dias um assassino frio, cruel, desumano e asqueroso. Permitiu que responda o processo em liberdade um crápula que matou uma mocinha de apenas vinte e um anos porque “a amava muito”. Por amá-la, segundo ele, degolou-a, cortou seu lindo rosto, e ainda lhe abriu o crânio com um pé-de-cabra. Quanta paixão!!
Diz a juíza, sem juízo algum, que o psicopata, coitadinho, foi vítima de uma paixão maldita e que a sociedade não corre risco algum com ele. Além de juíza, sem juízo algum, é também adivinha a excepcional magistrada.
Claro que ela não acredita nisso. Ela sabe que ele pode voltar a matar muito em breve, mas certas oportunidades na vida não se deve perder; não é mesmo, meritíssima? Quer maneira mais eficiente de se tornar nacionalmente conhecida? Quiçá internacionalmente? Mesmo que conhecida como juíza maluca. Como uma juíza sem juízo algum.
Fernando Brandi
Enviado por Fernando Brandi em 21/04/2011
Código do texto: T2921974

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Fernando Brandi
São Paulo - São Paulo - Brasil, 74 anos
1392 textos (242043 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/05/21 17:57)
Fernando Brandi