Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A mudança da capital de Goiás

Conta-se a história que em 1682 bandeirantes paulistas atravessaram o rio Araguaia e chegaram a nascente do rio Vermelho, na Serra Dourada, onde habitava a tribo Goya (ou Goiá, ou Goyazes). Na ocasião o líder da expedição, Bartolomeu Bueno da Silva, foi apelidado de “Anhanguera” que significa na língua tupi diabo velho ou alma velha, por ter ateado fogo numa tigela com aguardente e ameaçado os índios, e que caso não mostrassem onde estaria o ouro queimariam todos os rios e fontes da região.

Em 1729, Bartolomeu Bueno da Silva (filho ou segundo Anhanguera) retorna para fundar o Arraial de Santana. Em 1736, o Arraial é transformado em vila administrativa com o nome de Vila Boa de Goyaz, ainda pertencente a Capitania de São Paulo. Em 1748 foi criada a Capitania de Goiás e a vila foi transformada em capital, e é construído o Palácio Conde dos Arcos e outros prédios em estilo barroco. Em 1822 com a independência do Brasil, a Capitania de Goiás foi elevada à categoria de província. E em 15 de novembro de 1889, o país passou ao regime republicano, e a província de Goiás passou a ser estado de Goiás com a capital com o mesmo nome.
 
Com a Revolução de 1930, o presidente Getúlio Vargas destituiu os governadores e nomeou governo provisório em todos os estados. O Dr. Pedro Ludovico Teixeira dias após ser nomeado governador de Goiás, foi renomeado interventor. O plano de desenvolvimento do estado previa a mudança da capital para uma região mais central do estado, por apresentar melhores condições hidrográficas e topográficas. Em 24 de outubro de 1933, começou a construção e mudança da sede do Governo.

O nome Goiânia foi escolhido pelo governador Pedro Ludovico dum concurso promovido pelo semanário “O Social”, sugerido pelo professor Alfredo de Castro, embora o nome vencedor fosse “Petrônia”, em homenagem a Pedro Ludovico, sugestão do poeta e juiz de direito da cidade de Pires do Rio, Léo Lynce. Goiânia foi construída em fazendas do município da cidade de Campinas, que se tornou um bairro tradicional de Goiânia, onde situam a igreja da Matriz e o estádio do Atlético.
 
A cidade de Goiânia foi projetada pelo arquiteto e urbanista Atílio Corrêa Lima, com estilo Art Déco. O plano de construção foi executado pelos engenheiros Jerônimo e Abelardo. Foram abertas 04 avenidas principais, Goiás, Araguaia, Tocantins e Paranaíba formando um triângulo confluindo para a parte mais elevada, uma praça central (Praça Cívica) onde fora construído o Palácio das Esmeraldas e o monumento das três raças. Mais tarde foi inaugurada a avenida Anhanguera cortando a cidade de leste a oeste. No encontro da avenida Anhanguera com a avenida Goiás foi colocada a estátua do bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva (pai).

Com a mudança da capital federal Rio de Janeiro para Brasília na década de 60, pelo presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, por motivos estratégicos para o planalto central, distante cerca de 200 quilômetros de Goiânia, a capital goiana se desenvolveu rapidamente atraindo gente de estados como Minas Gerais, Piauí, Bahia e Maranhão. Em 1960 já contava com uma população em torno de 150 mil habitantes. E na década de 70 foi construído o estádio Serra Dourada, um dos estádios mais moderno da época. A cidade é sede de três grandes clubes de futebol reconhecidos no cenário nacional, que são Goiás, Vila Nova e Atlético.

A metrópole goiana é conhecida no exterior por ter sido palco do maior acidente radiológico do continente americano ocorrido no ano de 1987, quando 02 catadores de lixo encontraram num hospital abandonado uma cápsula de radioterapia contendo material do Césio-137, e abrindo-a contaminaram com radiação mais de 240 pessoas da redondeza, com 04 vítimas fatais num primeiro momento, porque mais pessoas morreram ao longo dos anos. No total mais de 1000 pessoas foram contaminadas indiretamente, com sequelas corporais e tratamentos intensivos para o resto de suas vidas.

Goiânia hoje conta com uma população em torno de 1.500.000 mil habitantes, é a segunda cidade mais populosa do Centro-Oeste, atrás apenas de Brasília. É a 11ª cidade mais populosa do pais. É, ainda, a 22ª cidade mais rica do país, e está entre os 08 municípios com melhor estrutura no país. A capital de Goiás é a cidade mais arborizada do país, e já recebeu o título de “Capital Verde do Brasil” e melhor qualidade de vida, e superada no mundo apenas pela cidade de Edmonton, no Canadá. O parque Macambira-Anicuns (um corredor na região sudoeste), que está em fase de implementação, com pistas de atletismo, de ciclista, muitas quadras esportivas e academias de ginástica ao ar livre, será o maior parque da América do Sul.

Goiânia, Goiás, 23 de julho de 2019


Alonso Rodrigues Pimentel
Enviado por Alonso Rodrigues Pimentel em 23/07/2019
Reeditado em 25/07/2019
Código do texto: T6702744
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alonso Rodrigues Pimentel
Goiânia - Goiás - Brasil, 59 anos
2918 textos (150666 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 16:34)
Alonso Rodrigues Pimentel