Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BRINCANDO E APRENDENDO!!!



Observando as crianças é fácil perceber que brincar é a atividade mais agradável para elas. Sempre estão envolvidas com alguma atividade lúdica, até mesmo nas horas em que deveriam estar concentradas, fazendo tarefas escolares. Por isso, muitas vezes, são incompreendidas pelos adultos, que as recriminam por essa atitude. Muitos não compreendem o motivo que as fazem se comportar assim.
Pesquisas revelam que é através das brincadeiras que as crianças compreendem o mundo. Os jogos são recursos essências para elas experienciarem a realidade, descobrirem suas capacidades e limites. Portanto, a aprendizagem da criança está relacionada com o brincar, sendo relevante destacar que sem brincar a criança não aprende. Enquanto brinca, faz descobertas e incorpora conceitos e valores. Daí a importância de oferecer às crianças opções variadas para brincar, favorecendo assim, um amplo horizonte de descobertas.
Observa-se que no mundo contemporâneo a criança está muito presa a só um tipo de atividade lúdica: os brinquedos eletrônicos, pois são estimuladas diariamente pela mídia, que por sua vez tem um único objetivo, vender seus produtos. Com apenas um clique as crianças se ligam ao mundo das máquinas, como tv, computador, vídeo game, entre outros, e desligam-se do mundo real, que oferece uma variedade de opções para criar e exercitar-se. Num pequeno espaço de tempo recebem inúmeras informações, sem ter tempo para refletir sobre elas. Estas informações, na maioria das vezes, são carregadas de cenas violentas, como jogos de luta, uso de armas etc. Em meio aos conceitos de "bem e mal" as crianças vão crescendo e formando sua personalidade, acreditando que conviver numa sociedade individualista e violenta é uma situação normal.
Proibir que elas usufruam da tecnologia não se faz necessário, mas ajudá-las a pensar sobre o que assistem e oferecer outras formas de brincar, para que possam fazer um paralelo, na medida que forem crescendo, é extremamente importante, cabendo então às famílias e à escola este grande desafio. O que requer da escola uma mudança de postura pedagógica em relação aos conteúdos trabalhados. Esta precisa envolver os alunos com temas do cotidiano para que eles possam refletir e se perceber como agentes ativos e transformadores da sociedade. Portanto, o termo "preparar o aluno para a vida", não se adequa ao momento atual, mas sim, ajudá-lo a ter qualidade de vida, uma vez que ele é vida. E se estamos vivendo numa época onde a violência e o individualismo imperam significativamente em nossa sociedade, a escola pode contribuir para mudar esse quadro oferecendo às crianças outras opções de brincar, por meio de brincadeiras e brinquedos populares que podem contribuir com uma cultura de PAZ, como amarelinha, pega-pega, pular corda, bambolê, jogo de bila, futebol...  Nestes brinquedos e brincadeiras a disputa e a competitividade são consideradas num grau saudável.
Portanto, resgatar as brincadeiras e brinquedos populares que foram usados por gerações anteriores, representa hoje, um desafio instigante aos educadores que acreditam na educação e lutam para formar cidadãos mais humanos.
Fátima Feitosa
Enviado por Fátima Feitosa em 16/03/2007
Código do texto: T415143


Comentários

Sobre a autora
Fátima Feitosa
Mossoró - Rio Grande do Norte - Brasil, 54 anos
1491 textos (101866 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 02:14)
Fátima Feitosa