Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O quinto mês do ano                                                                     Izabe Eri Camargo
O mês de maio chegou prometendo muito amor, pois foi batizado como: “ Mês de Maria” e “mês do conhecimento”.  Historicamente, foi instalado no calendário gregoriano, hoje tem morada em nosso calendário. Este ano chegou no dia de Júpiter, quinta-feira. Os habitantes do  planeta Terra dizem que  Júpiter é o quarto corpo celeste mais luminoso no céu, antes está  o Sol, a Lua e Vênus;  Marte  também muito luminoso, representa divindade com Maria mãe de Jesus, acalentando corações. A  exemplo de Maria comemora-se o “Dia das Mães”, sendo que o indício desta comemoração ocorreu na Grécia antiga, quando os gregos prestavam homenagem  à deusa  Reia, mãe comum de todos os seres. Nos Estados Unidos , em 1914, o congresso norte-americano oficializou  o Dia das Mães como festa nacional e outros países seguiram o exemplo, incluindo a data no calendário. No Brasil, em 1932 , foi assinado, pelo presidente Getúlio Vargas, um decreto, designando o segundo domingo do mês de  maio para homenagear todas as mães.  Assim, tem-se o iluminado mês de maio contemplado também com  o mês das deusas.  Maia, da primavera e com a romana Bona Dea, representando a fertilidade. O imortal  Sigmund Freud aniversaria dia seis, revivendo sua teoria psicanalítica. No mesmo dia seis de maio, Constantino l passou a ser o primeiro imperador romano batizado como  cristão.  Tem-se no mês de maio vários fatos ligados à humanidade e à religiosidade. Foi também no dia treze de maio de 1888 que a Princesa Isabel assinou a Lei Áurea, extinguido a escravidão no Brasil. Entre tantos fatos importantes ocorridos no mês de maio, destaca-se “o Dia Internacional do Trabalho” ou “Dia do Trabalhador”, comemorado mundialmente. Como vemos, este quinto mês do ano, apresenta-se com uma tendência humanística e cristã, pois sabe-se que, no calendário litúrgico, está a celebração da memória de São José Operário por tratar-se do santo padroeiro dos trabalhadores. Foi entre treze de maio e  treze de outubro que os três  pastorinhos,  videntes  – Lúcia, Francisco e Jacinta  testemunharam as aparições de Fátima. Elencamos alguns fatos sem discorrer sobre suas origens, registramos fragmentos históricos marcantes no referido mês, para reflexão. A curiosidade aflora devido à minha gratidão por ter nascido no dia seis de maio.  Como dizia Freud: “ O pensamento é o ensaio da ação.”
 
 



 
Izabel Camargo
Enviado por Izabel Camargo em 02/05/2014
Reeditado em 07/05/2014
Código do texto: T4791978
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Izabel Camargo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 87 anos
508 textos (18516 leituras)
5 áudios (233 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/05/21 06:05)
Izabel Camargo

Site do Escritor