Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FASES DA VIDA

                                                   FASES DA VIDA

Nos estudos de biologia  observamos a complexidade desse organismo maravilhoso que é o nosso corpo. Os tempos vão passando e órgãos e glândulas entram em funcionamento, enquanto que outras, cumprido o papel a que vieram desempenhar, se vão atrofiando.
Nenhum órgão ou glândula física existe que não tenha uma finalidade precípua. E é interessante notarmos que nossos gostos também vão variando nesse universo divino em que deixamos de apreciar certas coisas ou alimentos e passamos a gostar de outros.
Nessa análise rudimentar de nosso corpo que é divino pela complexidade de elementos que apresenta, desde os vários sistemas, tecidos, órgãos, atividades, etc. tem-se que destacar a parte moral que desponta de momento para outro, sem que percebamos a sua transformação. Assim, dizer-se que um jovem está condenado às penas eternas pelas suas atitudes grosseiras, errôneas, estapafúrdias, cometemos grande erro, pois um moço que assim era e procedia, logo após completar seus vinte anos transformou-se num anjo e todos diriam que mereceria o paraíso.
Todavia, essas transformações que ocorrem a toda criatura em algum tempo de sua vida, na maioria das vezes nos induzindo ao caminho do bem, são no amadurecimento do ser, aquilo que se passou a denominar de terceira idade. A experiência colhida, o bem ou mal viver, nos induz a ponderações que nos levam a caminhos floridos, do bem, do amor, da caridade e, para evitar que num determinado ponto desejemos ter alguns anos a menos para acertarmos mais, então comecemos hoje a agir corretamente, e buscar o bem e a verdade e certamente, no futuro, não iremos desejar voltar no tempo para corrigir erros que evidentemente não os teremos cometidos.
Interessante notar que o Céu, para que esqueçamos uma dor aparentemente insuportável, nos manda sempre uma dor maior, para a qual desviamos a atenção, esquecendo a dor anterior, portanto convém julgamos sempre suportável qualquer dor ou problema que nos advenha, para que um mal maior não nos ocorra.
É um axioma dizermos que o fruto só cai da árvore quando maduro. Assim, muitas coisas que não entendemos num certo tempo da vida, entendê-los-emos num outro tempo de amadurecimento, quando as luzes da razão se ascenderem.
A verdade enquadra-se também na teoria de Einstein, é relativa, pois uma verdade de um tempo, sem que seja mentira, não o será em outro tempo. Mas não é porque todos pensavam que a Terra era geocêntrica e só Copérnico e Galileu diziam ser heliocêntrica que devemos crer que se em  cem pensam de uma maneira e só nós pensamos diferentemente, poderemos certamente estar mesmo errados.
Que o sol que nos ilumina amanhã tenha o mesmo brilho de hoje e que possamos ponderar que não existe caminho que conduza a Deus senão o do Bem, do Amor e da Caridade. Pense nisso, pense agora.

Ribeirão Preto,12 de setembro de 2006 – alacalado@hotmail.com –Antonio Luiz A. Cabral
calado
Enviado por calado em 02/09/2007
Código do texto: T635011

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
calado
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil
15 textos (1407 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 19:17)
calado