Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Parto difícil

Ana entrara no convento, com o recém-nascido no colo.
Recebida, com alguma curiosidade pelo superior, com quem queria falar, dizia-lhe com visível gratidão:
-- Agradeço-vos muito, senhor!
-- Não te entendo, filha! Que te fiz, para merecer gratidão?
Ela sorri, pensando estar diante da modéstia.
-- Há quatro dias, eu quase morria de parto! Desesperada, roguei a Jesus que me enviasse amparo! Pouco depois, pela porta de meus aposentos, entrou Fabiano de Cristo.
-- Fabiano... há quatro  dias?!
-- Ele mesmo, senhor! Disse-me, então, que as minhas preces tinham sido ouvidas. E me assistiu de tal forma, ajudando carinhosamente a parteira, que nasceu meu filho e meu salvei também!
-- O superior mostrava-se admirado, cada vez mais.
-- E conhecias Fabiano?
-- Só de nome, Senhor! Mas naquele dia, enquanto me atendia, ele me disse que lá estava sob as vossas santas ordens! Por isso, a primeira coisa que faço é cumprir o dever de gratidão.
-- Tudo o que me dizes... é impossível!
-- Como impossível? – protestou Ana. – Se até a parteira é testemunha de tudo, como dizeis que é impossível o que vos digo?
E ela ainda complementou, candidamente:
-- E, hoje, venho pedir-vos licença para dar a meu filho o nome desse meu benfeitor, Fabiano.
-- Creio que deves pedir diretamente a ele! Mas... isso também é quase impossível, porque já há uma semana,f ilha, que o nosso Fabiano arde em febre, confinado em sua cela! E de lá, em corpo não saiu!
-- Mas... foi ele quem me atendeu!
-- Valha-me Deus! – interrompe-a o superior. – Ele não saiu daqui em corpo... Ora, deve, então, ter prestado socorro em espírito!
Soube-se, desde então, que muitos dos aflitos que, de lugares distantes, diziam ter sido socorridos por Fabiano de Cristo, eram atendidos por ele em momentos de desdobramento espiritual.

Nota do autor: o texto acima é transcrição integral do capítulo 15 do livro Fabiano de Cristo – O Peregrino da Caridade, de Roque Jacintho, editado pela Editora Luz no Lar. O caso em questão traz uma das potencialidades da alma humana: a possibilidade da  separação parcial do espírito de seu próprio corpo físico, para atuar em outro local. Há exemplos clássicos na história humana. Todavia, para se compreender o tema, há que se estudar a autêntica natureza espiritual que a todos nos caracteriza e as possibilidades à nossa disposição. Entender o espírito, o períspirito e a atuação sobre a matéria estão entre esses temas. Sugerimos estudo e consulta às obras O Livro dos Espíritos e O Livro dos Médiuns.
Orson
Enviado por Orson em 13/09/2007
Código do texto: T650715
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Orson
Matão - São Paulo - Brasil, 57 anos
298 textos (97318 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 13:17)