Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

''Mulher''

     Eu creio, quando Deus fez a mulher não há fez exclusivamente para ser encarado como objeto sexual, elas também têm que ter todos os direitos dentro dessa sociedade, chamada casamento e participação nos lucros e claro também nos prejuízos.
     Existem homens que considera que a mulher é obrigada a fazer tudo para ele, sem levar nada em troca, um verdadeiro ditadorzinho. Esses homens que escraviza seus seres amados e principalmente as suas mulheres, não passam de um terrível monstro de visão arcaica.
     Eles só pensam na mulher na cama, seu belo objeto sexual de puro e belo prazer e nada mais, problema não é como ele tudo tem que girar da cama a cama ao sexo de preferência redonda e espelho no teto que assim dar uma visão geral no panorama. É um prazer sem qualquer responsabilidade que pode gerar uma gravidez inesperada, usar camisinha tira o sabor da bala.
     Eu vejo na minha mulher, a auxiliadora que me ajuda a levar a vida, meu esteio meu pilar de sustentação, é como dizem: ''que por trás de um grande homem tem sempre uma grande mulher'', a mão amiga, o ombro fiel que às vezes eu até choro, a palavra de força e ânimo nas horas mais difíceis e incertas, enfim meu porto seguro a minha âncora que segura este grande navio chamado homem, que às vezes ainda esta na idade da pedra.
     Mulher quem já não ouviu a música do Erasmo Carlos e do Roberto Carlos ‘’ Mulher sexo frágil’’ de frágil não tem nada elas são mais fortes que muitos garanhões que temos por ai dizendo homens. Olhem bem o exemplo de Sansão e Dalila, Sansão o todo poderoso foi derrotado por uma mulher, na verdade sexo frágil é o homem, seu leal e verdadeiro cordeirinho diante de uma mulher, pois ela tem a força e que força. Derruba até os mais fortes dos elefantes o coitado do homem e tão fraco que dar até dor, que diante de uma mulher se perde e fica sem saída.

José Aprígio da Silva.
Texto incialmente inspirado: 30/03/78
Modificado totalmente: 08/10/07




     
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 08/10/2007
Código do texto: T685621

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 58 anos
1709 textos (155039 leituras)
1 áudios (36 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 10:25)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA