Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Empreendedorismo

               

                 Vivendo na Era do empreendedorismo é fundamental entender sua definição e sua essência. Nota-se que esta Era é  caracterizado por:
--Eliminação das barreiras comerciais e culturais;
--encurtamento de distância/invasão  de  fronteiras;
--globalização e renovação dos conceitos econômicos;
--criação de novas relações de trabalho de novos empregos
--quebra de paradigmas;
--geração de riquezas

               Didaticamente se conceitua empreendedorismo como o envolvimento de pessoas e processos que, em conjunto, levam à transformação  de    idéias     em oportunidades.  E a perfeita implementação destas oportunidades leva à criação de negócios de sucessos.

             Para Jeffry Timmons (1990) :”Empreendedorismo é uma Revolução silenciosa,que será para o século XXI mais do que a Revolução Industrial foi para o século XX..”

  As estatísticas atuais, confirmam esse pensamento, indicam que mais da metade de novos empregos é gerada por empresas com menos de cinco anos de existência; isto é, os empreendedores movimentam ativamente o mercado de empregos e, consequentemente geram riquezas.Daí surgir mais  uma definição para o empreendedorismo:” O combustível para o crescimento econômico, criando emprego e prosperidade.”

             No Brasil esse “combustível”-empreendedorismo- foi difundido  no final da década de 1990, ocasionou a criação do Programa Brasil Empreendedor do Governo Federal.Esse projeto não só visou  a preocupação com a criação de pequenas empresas duradouras,a necessidade da diminuição das altas taxas de mortalidades desses empreendimentos,mas focou,também, a necessidade de gerar condições para que pessoas com espírito empreendedor tivesse  a oportunidade de transformar idéias  em negócios de sucesso e, assim,contribuir para o crescimento do país.

            Vale ressaltar   que o empreendedorismo não é modismo.É uma evolução dos processos tecnológicos,os quais ocorrem com imensa rapidez.Essa evolução muda cada vez mais  a forma de  se fazer negócios  no mundo e,associado a competição na economia força novos empresários a adotar paradigmas diferentes utilizando recursos disponíveis de forma criativa transformando o ambiente social e econômico onde vive.Por isso, o empreendedor tem um papel importante na sociedade.
                 Empreendedorismo envolve o processo  de criação de algo novo de valor,requer a devoção,o comprometimento de tempo e o esforço necessário para fazer  a empresa crescer.Então se percebe  que é preciso:
*know-how;
*bom planejamento contínuo;
*equipe competente,motivada e integrada; e
*inovação.

               O processo empreendedor envolve todas as funções,atividades e ações associadas a criação de novas empresas.E em mercados mutáveis,os quais cruzam fronteiras e aproximam culturas,é preciso muita habilidade e visão empreendedora;isto é,ter em mente que  o segredo do empreendedorismo é:  “saber reconhecer oportunidades.”
As empresas precisam priorizar as propostas de valor passiveis de ser concretizadas e estabelecer  um caminho para chegar aos objetivos.Não basta ter idéias,capital e boa vontade, o essencial é definir  a missão,as metas,os propósitos e os objetivos.

              Dentro desse novo cenário no mundo dos negócios, na economia globalizada encontra-se uma figura que tem  como fator  diferencial  dos demais atores o espírito  empreendedor.Os empreendedores montam e administram empresas guiados não só pelo desejo de ganhar dinheiro,mas ciente do risco de perder todo o investimento,são pessoas intuitivas.Existem empreendedores natos,e aqueles que são trabalhados.O aprendizado  começa quando as pessoas compreendem que estão envolvidas de maneira direta na dinâmica e complexa relação existente entre gestão financeira e estratégia de negócios e,é isso que diferencia significativamente  a gestão empreendedora das demais práticas de negócios.

            “ O empreendedor é aquele que faz as coisas acontecerem, se antecipa aos fatos e tem uma visão futura da organização.”
                                                 ( José Dornelas,2001)

Diante de tal conceito percebe-se que os  empreendedores são pessoas:
*visionárias;
*seguras em suas atitudes, e tomadas de decisões;
*com motivação singular;
*otimistas, e apaixonadas pelo que fazem;
*ágeis na implementação das ações e sabem agregar valores;
*são organizadas,bons líderes e formadores de equipes;
*tem networking ,e sabem explorar ao máximo as oportunidades.

             Mas como qualquer pessoa  o empreendedor tem suas limitações,e estas  variam de acordo com a personalidade de cada um.O importante é saber reconhecer e entender  essas limitações, e se aliar a pessoas que supra essas deficiências.Porém o empreendedor não tem só essa qualidade de auto-conhecimento.A capacidade de improvisar e de planejar são as duas principais e deveria haver um equilíbrio entre ambas,mas na prática é difícil combinar tais qualidades,por isso a relevância  de se formar uma equipe excelente,pois dela advém o equilíbrio.Afinal o empreendedor não é uma ilha isolada,está mais para uma estrada que leva a idéia até o sucesso,é uma pessoa dependente de outras,e estas motivadas por seu contagiante senso inovador.









Maryane Ribeiro
Enviado por Maryane Ribeiro em 27/10/2007
Código do texto: T712127
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maryane Ribeiro
Fortaleza - Ceará - Brasil
241 textos (22996 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 21:18)
Maryane Ribeiro