Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARTIGO – Manifesto de presidenciáveis – 01.04.2021 (PRL)
 
ARTIGO – Manifesto de presidenciáveis – 01.04.2021 (PRL)
 
Tive oportunidade de ler o chamado “Manifesto”, tipo carta, com as assinaturas de apenas seis figuras, algumas já bastante conhecidas do povo brasileiro, tais como os Doutores Mandetta (DEM-MS), ex-ministro da Saúde; Ciro Gomes (PDT-CE, que fora derrotado em 2018), ex-governador e ministro de estado; Eduardo Leite (PSDB-RS, governador de seu estado; João Amoêdo (Novo-RJ, presidente do partido); João Doria (PSDB, governador de São Paulo) e o apresentador da TV-Globo, (sem partido), Luciano Huck, mais um paraquedista.

Não vi nada que pudesse sensibilizar o povo nacional. É aquela conversa de sempre, que a Democracia é o melhor regime do mundo, que a população foi às ruas, que o regime está ameaçado e coisas tais, conclamando militares e civis à união em defesa da Constituição, etc., que aqui não vamos reproduzir, porquanto todos podem fazer a sua leitura pela internet. Tal documento fora divulgado justamente em 31.03.2021, dia em que, segundo algumas autoridades, o país fora libertado duma derrocada para o regime comunista de poder, nos idos de 1964, há 57 anos.

Muitos que militam na oposição, em sua grande maioria, dizem uma coisa e fazem outra completamente diferente, e isso não é surpresa alguma. Parece com aquele treinador de futebol que orienta a sua defesa quando severamente atacada: Sem falta, sem falta.... e aí a porrada vem pra valer, pois o que quer realmente é que o atacante seja contido de qualquer maneira.

Vejam bem como a imprensa, as escolas de modo geral, e os donos do poder nos últimos tempos conseguiram fazer a cabeça desses senhores, todos dignos, mas aqui nos valemos de detalhes que merecem ser examinados. Senão vejamos, pela ordem, o Mandetta nasceu em 30.11.1964 (oito meses após o golpe militar); o Ciro Gomes, em 06.11.1957, era uma criança de quase sete anos; o Eduardo Leite, em 10.02.1985, ou seja, não havia nascido ainda quando da implantação daquela ditadura; o Doutor Amoêdo, em 22.10.1962, portanto tinha pouco mais de dois anos naquela época; o governador Dória, que nunca foi sequer vereador, veio à luz em 16.12.1957, e tinha quase seis anos em 31.03.1964, enquanto que o Luciano Huck nasceu em 03.09.1971, e dele não havia ainda sombra sequer.

Por incrível que pareça, todos contrários ao atual presidente Bolsonaro, que, por seu turno, nascera em 21.03.1955, (tinha 9 anos de idade), o mais velho dos presidenciáveis, na faixa de 65 anos, sendo que este esteve mais de perto dos acontecimentos, pois chegou a ser Capitão do Exército, viu seus arquivos, talvez, e depois enveredou pelo ramo político, a ponto de ter siso eleito e reeleito deputado federal várias vezes.

Rigorosamente falando, salvo melhores colocações, nenhum deles possuía conhecimentos para criticar o regime imposto pelos militares, que num gesto apoiado por todos os contingentes da vida nacional se viu na obrigação de assumir o poder, a fim de tentar evitar que outro regime fosse imposto dentro da nossa Casa. E o fizeram, porém até hoje são massacrados pelos meios de comunicação e por políticos, alguns deles com larga ficha de ilícitos até no Supremo Tribunal Federal. Não se está aqui propugnando por nova revolução, mas somente tentando ser justos.

Também não somos autoridades no assunto, mas há momentos em que temos de baixar a cabeça aos grandes chefes militares de outrora, que foram fiéis ao nosso Brasil. Erros e acertos sempre existiram e continuarão sendo praticados, pois a perfeição é impossível.

No dia de hoje a BAND NEWS, em uma hora e quinze minutos, sob o comando do jornalista Reinaldo Azevedo, entrevistou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT-SP), que também é presidenciável, embora diga insistentemente que não o seja, apesar da insistência na pergunta. Faltou várias vezes com a verdade, mas isso é assunto da esfera do STF, que recentemente cancelou algumas de suas punições, em decisão monocrática. Praticamente refez todo o discurso que tem feito ao longo dos últimos trinta anos.

Também não vimos outro político de grande peso no tal manifesto, sequer o Lula foi convidado. Ainda temos alguns políticos de nomeada no Brasil. Nenhum dos que assinaram tem cacife para produzir essa carta tão pífia, salvo para tentar afastar o nosso presidente e se apresentar como o novo salvador da pátria. Imaginamos até que o presidente do Senado, Doutor Rodrigo Pacheco (DEM-MG), poderá ser uma surpresa e sair candidato ao maior posto do país, apesar de sua eleição para a Casa ter recebido o apoio do Capitão Bolsonaro.

Mas não vamos revolver o passado, até porque a data de 31.03.1964 nem mais vem sendo lembrada no próprio dia da revolução; vamos tocar o barco pra frente.
 
Meu abraço.
SilvaGusmão

Fonte da foto: TV Record
 
 
SONETO – Pátria forte e venturosa - 30.10.2019 (PRL)
 
 
Antes do julgamento, pelo STF, da possibilidade de prisão após Segunda
Instância.
 
 
Ao prever tempo obscuro no alicerce,
Tudo por conta dessa “Presunção”, (*)
Numa hora crucial para a Nação,
Querem que a nossa gente se disperse...
 
O povo, não no todo, tenciona,
Elevar o futuro desta terra,
Mas sem poderes, pois está na lona,
Nessa luta tão curta que se encerra...
 
“Vão-se os anéis” e cada dedo fica, (**)
Na luxúria de oferta indecorosa,
Onde só o mais humilde faz a súplica...
 
A pureza, que tanto dignifica,
Nesse instante de sonho, em polvorosa,
Causa perigo pra nossa República.
 
SilvaGusmão
 
(*) Trata-se da famosa “Presunção de inocência”.
(**) Inversão do antigo provérbio popular: “Vão-se os dedos, ficam os anéis)”.


02/04/2021 15:31 - Fernando A Freire, assim falou:
Lembrando que a ditadura de 01.04.1964, no Brasil, foi uma extensão da "Operação caça às bruxas" (Macarthismo) dos EUA. Vem de lá a varredura dos comunistas, tendo como exemplo maior a expulsão do famosíssimo cineasta Chales Chaplin (mais cinquenta outros). Vem de lá a queima de livros subversivos em plena praça pública, tendo como exemplo "As aventuras de Hobin Hood", de Alexandre Dumas. Vêm de lá, a USAID, a CIA, o IBAD, a Aliança para o progresso... Muito dinheiro aplicado no Brasil para o combate ao comunismo (versão norte-americana), com o disfarce de que viria resolver o problema da extrema pobreza e da consequente desigualdade social. Ao invés, as forças armadas brasileiras recebiam volumosos subsídios financeiros dos EUA até os idos de 1966/67. Os parlamentares da direita recebiam subsídios em dólares para combater quaisquer ideias não direitistas. E o que se queria em nosso país, na verdade, era uma justa reforma agrária!... Movimentos, como os das Ligas Camponesas, foram considerados subversivos. Ainda hoje, a extrema-direita classifica-os de terroristas. A Lei imperial de Terras (1850) transformou grileiros em grandes latifundiários. Por acaso, não é o que agora se pretende na Amazônia e na região do serrado?! Chamam a isso de reforma agrária?! Por fim, resumidamente: uma enorme frota naval norte-americana, em toda a costa brasileira, deu respaldo ao golpe de 1964; coincidentemente, as ditaduras se estenderam por toda a América Latina (Argentina, Uruguai, Chile, Bolívia, Peru...); coincidentemente, quando cessou a ditadura no Brasil, o mesmo aconteceu nos demais países latinos; não coincidentemente, todos os países puniram os seus ditadores, exceto o Brasil, nada obstante o grande número de mortos e desaparecidos. Infelizmente, temos hoje um governo (do ódio) que quer criar o dia consagrado a essa carnificina. O manifesto desses prováveis presidenciáveis, que não aborda essa ignomínia, me parece muito distanciado da realidade do país. Viva a democracia!

02/04/2021 20:50 - Jacó Filho, grande poeta, assim escreveu:
Boa noite Compadre Ansilgus! Mais uma vez seu artigo é um excelente registro histórico desse momento nebuloso que vivemos, o Brasil é fadado às mentiras e ninguém quer ou não tem coragem de falar a verdade, o Lula nunca foi de Esquerda, e a Ditadura não combateu o comunismo, já que deixou a MÍDIA E A EDUCAÇÃO, principalmente as universidades estaduais e federais sob o comando dos comunistas, mesmo o PASKIM supostamente de direita pertencia a Folha de São Paulo, ou seja, vivemos um grande farsa. O PT presenteou seus amigos socialistas com cerca de dez trilhões remanejados do nosso tesouro, elegeu presidentes em 15 Países coordenados pelo Foro de São Paulo, e ninguém sabe disso, mesmo tendo sido falado em programas da TV Cultura, onde um de seus principais membros relatou com todas as letras, o mesmo que afirmou, antes de Lula ganhar o primeiro mandato, que no instante que chegassem ao poder, nunca mais sairiam. Eu assisti isso no Provocações com o apresentador anterior, Abujanra ou nome parecido... Por tanto Compadre, fazemos o papel de testemunhas e relatores dos fatos para os pesquisadores futuros... Parabéns! E que Deus nos abençoe e nos ilumine... Sempre...

Tomo a liberdade e peço permissão à Doutora Esther Lessa para colar seu comentário nesta página...meu abraço cordial de muito obrigado:
 
02/04/2021 18:53 - Esther Lessa, assim falou:

É POR ISSO QUE EU O ADMIRO TANTO, ANSILGUS! VOCÊ TEM O DOM DE FALAR O QUE EU QUERO E SINTO! EU NÃO TENHO ESTÔMAGO PRA ASSISTIR A ENTREVISTAS COM SUJEITOS DESCLASSIFICADOS.DISSO EU ME ABSTENHO MESMO! AGORA, ESTOU VIVENDO AQUI. NÃO POSSO DEIXAR DE PERCEBER A ÂNSIA DOS ESQUERDOPATAS DE PLANTÃO E OUTROS TANTOS PERDIDOS,NA LUTA INFAME PRA AFASTAR BOLSONARO DO GOVERNO.FUXICAM DAQUI, DALI, DE CIMA PRA BAIXO, DE BAIXO PRA CIMA. UM PUNHADO DE DOIDOS PELO PODER, SE REÚNE PRA FALAR DE DEMOCRACIA. PARECE PIADA. ESTRATÉGIA PRA QUE FIQUEM EM VOGA. JÁ FALEI, ANSILGUS, ELES VÃO FICAR CHUPANDO UMA BARATA. PORQUE AS FERRAMENTAS QUE PREPARAM CONTRA UM PRESIDENTE, ALI COLOCADO POR MÃOS DIVINAS,NÃO ATINGIRÃO OS OBJETIVOS QUE ELES DESEJAM. SEMPRE, DE PÉ, APLAUDINDO SUA LUCIDEZ! DEUS O ABENÇOE!

Muito grato, cara escritora.

02/04/2021 20:50 - Jacó Filho, outro grande poeta, assim se referiu:

Boa noite Compadre Ansilgus! Mais uma vez seu artigo é um excelente registro histórico desse momento nebuloso que vivemos, o Brasil é fadado às mentiras e ninguém quer ou não tem coragem de falar a verdade, o Lula nunca foi de Esquerda, e a Ditadura não combateu o comunismo, já que deixou a MÍDIA E A EDUCAÇÃO, principalmente as universidades estaduais e federais sob o comando dos comunistas, mesmo o PASKIM supostamente de direita pertencia a Folha de São Paulo, ou seja, vivemos um grande farsa. O PT presenteou seus amigos socialistas com cerca de dez trilhões remanejados do nosso tesouro, elegeu presidentes em 15 Países coordenados pelo Foro de São Paulo, e ninguém sabe disso, mesmo tendo sido falado em programas da TV Cultura, onde um de seus principais membros relatou com todas as letras, o mesmo que afirmou, antes de Lula ganhar o primeiro mandato, que no instante que chegassem ao poder, nunca mais sairiam. Eu assisti isso no Provocações com o apresentador anterior, Abujanra ou nome parecido... Por tanto Compadre, fazemos o papel de testemunhas e relatores dos fatos para os pesquisadores futuros... Parabéns! E que Deus nos abençoe e nos ilumine... Sempre...

Obrigado e meu abraço cordial...ansilgus.

03/04/2021 10:04 - Maria Augusta da Silva Caliari, grande poetisa/escritora, assim opinou:

Voltando em tua página li outro manifesto mas, um manifesto de repúdio ao teu artigo,poeta.Manifesto do recantista Fernando A Freire, digníssimo poeta, que defende pelo visto toda safadagem dos pré candidatos lá mencionados.Pelo visto ,todos capazes de dirigir nossa Nação! Infelizmente, somos uma sociedade plural e devemos respeitar todas as opiniões mas, custa-me crer que homens letrados defendam aquelas pessoas que pela mídia ,sabemos não terem capacidade moral para um cargo tão especial,como o de presidente do país.Custa-me -me crer que homens do calibre de Freire defenda o lulismo!Será que ele esqueceu que o retrocesso nos anos daquele governo foram suficientes para deixar os brasileiros mais pobres e o que observamos com grande repúdio foi o enriquecimento ilícito da família Lula? É fato que um daqueles já está mandando para os pobres Nordestinos uma mesada de $200,00 para complementar o auxílio do governo.Lamento mas, a era petista ou outra qualquer já é passado,senhor Freire!Doravante, sabemos que o povo lá de cima não elege mais ninguém ,isto por que lá em cima também tem muita gente que sabe diferenciar o joio do trigo e juntos teremos mais uma vez em 2022 a reeleição do atual presidente.Sabemos que nenhum ser humano é santo. Porém, avaliando a todos os pré candidatos, ainda o mais indicado por ser contra a corrupção é Jair Messias Bolsonaro. A não ser que se apresente outro dentro dos padrões, os quais, o cargo requer,para competirem. Mas, os atuais pré,Deus livre o povo desta praga! Deus cuide do povo brasileiro!

Muito grato, meu abraço fraternal...ansilgus.

03/04/2021 15:04 - Marilda Lavienrose, grande poetisa, se expresou:

Ansilgus, li tudo, devagar e disse tudo que penso. Li os comentários também, vejo as diferenças de opiniões, é direito de todos, mas aqui confesso que não mais assisto ou vejo entrevistas que a mídia posta à favor de corrupto que nem a cara posso ver, cinicamente falando como se fosse um salvador e na verdade foi o "desgraçador"da Terra Brasilis no passado. Inventei ou até existe esse termo "desgraçador" ? Só sei que precisamos união, que seja esquerda ou direita, cada um na sua, sem tanto ódio para sairmos dessa arapuca que o vírus nos jogou, além do que já há de herança de eras priscas PT. Abçs.

Muito grato...meu abraço cordial...ansilgus.

03/04/2021 16:26 - Walmor Zimerman
Boa tarde poeta e articulista de Recife. Parabenizamos pela lucidez de seu texto. Quanto a nos na época dos acontecimentos de 1964, estávamos no vigor dos nossos 22 anos, casado com uma filha, em extrema dificuldades financeiras, ganhando um pouco mais de um salário mínimo e pagando aluguel... No exato momento dos acontecimentos, até não "concordamos", pois o fato real é que havia um vice presidente, eleito pelo voto popular, a princípio vice do General Lott, que acabou não se elegendo, que não deixou de ser desastre ao povo brasileiro, pois preferiu eleger um politico "enganador", que lá no fundo era adepto da ideologia comunista... Sete meses depois de tomar posse renuncia... E, pela Constituição caberia ao vice eleito, João Goulart, se tornar o novo presidente do Brasil... Mais tarde fomos compreender: havia dois blocos disputando a "influência" econômica e política, no mundo, EUA e URSS... Se não houvesse a intervenção militar, provavelmente o país, teria "enveredado" para um regime semelhante a Cuba, ao mesmo tempo não acredito que o então presidente fosse adepto do comunismo, porém, era cercado por sindicalistas que achavam que este regime seria a solução para nosso país. Finalmente, os 21 anos de governo militar, teve mais aspectos positivos do que negativos, não foi uma ditadura na acepção da palavras, pois havia alternância do poder em os presidentes eram voltados pelo Congresso... Foram anos de prosperidade para a grande maioria dos brasileiros... Mas, havia os do contra, que hipocritamente clamava pela volta da "democracia", quando na realidade queriam derrubar o governos, para mudar par um regime totalitário... Nossa vida mudou para melhor, demitidos do banco em que trabalhávamos, enveredamos para comércio, quando adquirimos o primeiro carro 0 - 1973 - telefone, em 1976, até uma TV a cores chegou em nossa casa, em pleno regime de "exceção"...
E continuando o nosso Walmor:
O governo militar em absoluto interferia naqueles que tocavam suas vidas, estuando, trabalhando... Os dos "contras" , hoje estão bem, recebendo uma generosa pensão vitalícia, - são mais de oito mil - de onze mil reais... Naquele período somente "aprontavam", pois mesmo através da violência exarcebada, queria derrubar o governo... Quis o destino que 33 anos depois, um ex militar através do voto, voltasse a governar o país, mas não tem sido fácil, pois há um Congresso que dificulta, e um "supremo" que atrapalha... Além do mais venho esta pandemia, em que os governadores e prefeitos, - com "autoridade" dadas pelo Supremo - somente o que sabem fazer é fechar tudo... ao invés de protegerem os mais vulneráveis, - isolamento vertical - para que a economia não ficasse paralisada... Realmente o presidente, eleito, tem tido dificuldades... Que Deus olhe por nós, pois talvez este quadro seja pior que o de 1964... Parabéns pelo texto, o "manifesto", é uma "colcha de retalhos", sem acrescentar nada de novo.
Para o texto: ARTIGO – Manifesto de presidenciáveis – 01.04.2021 
ansilgus
Enviado por ansilgus em 02/04/2021
Reeditado em 03/04/2021
Código do texto: T7222164
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
ansilgus
Recife - Pernambuco - Brasil
1866 textos (358435 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/05/21 14:46)
ansilgus