Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
Com Amor, aprendi
Publicado por: Sonia Rita Sancio Landrith(Sunny L)
Data: 06/01/2008
Créditos:
Texto : "Com amor, aprendi" - Denise Severgnini - 16Maio2006
Voz e edição de som : Sunny Lóra
Trilha sonora - cd de propriedade da autora
Gravado em 6 jan 2008


Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

COM AMOR, APRENDI



A vida nos ensina muitas coisas
E são muitas as pessoas que cruzam
Os nossos insondáveis caminhos
Com amor, eu aprendi que posso ser
O que desejar, basta apenas sonhar
Deixar-me levar pelos versos
Que derivam do coração
Posso ser homem, mulher, criança
Se desejar, sou um cidadão
Ou prostituta, ou ladrão
Querendo sou anjo, subo aos céus
Ou simplesmente, um pedaço de adeus
Versejando, sou mágica
Encontro a pedra filosofal
A fonte da eterna juventude
Com amor, eu aprendi, que posso
Matar um Golias ou aliar-me a ele
Posso desejar um mundo de paz
Ou descrever os horrores da guerra
Com amor, eu aprendi, que a poesia é rica
Que ela pode transformar o mundo
Ou não, ser apenas um rascunho
Guardado em uma gaveta
Com amor, eu aprendi, que quando escrevo
Eu me transformo e vivencio
Tudo o que minhas palavras querem dizer
Com amor, eu aprendi que é mais fácil viver!

Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 16/05/2006
Reeditado em 06/01/2008
Código do texto: T157408

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.

Comentários

Sobre a autora
Sonia Rita Sancio Landrith(Sunny L)
Vitória - Espírito Santo - Brasil
151 textos (358440 leituras)
166 áudios (268001 audições)
29 e-livros (42349 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/07/19 23:16)
Sonia Rita Sancio Landrith(Sunny L)

Site do Escritor
Rádio Poética