Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
MEDO
Publicado por: Rosa Righetto
Data: 01/02/2010
Créditos:
Texto e Voz***Rosa Righetto
Título***MEDO

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Texto

                                                   Medo
 
        Medo, das incertezas das noites vazias transtorno e agonia da revolta do mar dolente, do frio cortante do olhar ausente, dos maus pensamentos, desalento, da solidão nas noites frias dos sonhos banidos, da ausência da ternura anuente
 
         Medo, que bloqueia estradas encurta os espaços acorrentam a alma trava os passos  que cerca as trilhas enforca os laços calam as palavras que brota com o vento num cair de tarde que sufoca a liberdade
tropeçando na felicidade.
 
        Medo, dos passos silenciosos sem rumo certo e direção que rompe muralhas explodindo no peito a dor que ronda o  silencio noturno no descompasse bate um coração, rasgando os sentidos na insensatez qual espinho de uma flor
 
        Medo, que adentra o ser nas entranhas do acaso, enroscando-se em rolo condutor, labirinto sem saída pânico calafrio, da solidão num mundo de escuridão, das lágrimas que sela a boca das verdades desfalecidas amordaçadas e desvairadas.
 
        Medo, das madrugadas solitárias, da perda do bem sonhado da frieza e do vazio do viver sem sentido sem nexo e razão de jamais ter existido ter sido na vida apenas uma ilusão

 
         Medo, dos sonhos amputados castrados das forças esquartejadas. Da falta de coragem que enfraquece o peito na tristeza contida. Do céu sem estrelas da falta   do brilho do    riacho secando a flor murchando.  
Cristais que se quebram   quando eram polidos, da vida um nada deserto contido nos sonhos   perdidos.
 
        Medo, das incertezas, do próprio medo que caminha ao lado. Da incompreensão, desilusão, da vastidão, decepção, medo ruim  do imperceptível mundo interior. Medo, de me perder em mim.
 
 
ROSA RIGHETTO
01/02/10



Rosa Righetto
Enviado por Rosa Righetto em 01/02/2010
Reeditado em 23/02/2010
Código do texto: T2063538
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Rosa Righetto
Ilha Solteira - São Paulo - Brasil
871 textos (263428 leituras)
464 áudios (74816 audições)
154 e-livros (33031 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/09/21 21:15)
Rosa Righetto

Site do Escritor
Rádio Poética