TÚNEL DO TEMPO Dueto Ana Isabel & Emiriano Rocha

Publicado por: EMIR (EMIRIANO ROCHA)
Data: 04/08/2022
Classificação de conteúdo: seguro

Créditos

TUNEL DO TEMPO dueto que inclui 2 textos:
TUNEL DO TEMPO de Ana Isabel Vasconcellos (Código de Texto: T2140532)
UM ETERNO SONHADOR SOU de Emiriano Rocha (Código de Texto: T2112763
Trilha sonora Som Livre Web
Declamado por Zeninha Moro & Ricardo Freire
Misturas som e Voz por Ricardo Freire
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

TÚNEL DO TEMPO Dueto Ana Isabel (LuaSempreCheia) & Emiriano Rocha

TÚNEL DO TEMPO

Ana Isabel Vasconcellos

Absorta em pensamentos solitários

Relembrando inigualável amor

Retrocedi no tempo

Sentindo intensamente meu eu interior

Ligo-me em sentimentos

Abro as janelas da alma

Cruzo as fronteiras do tempo

Numa viagem mágica e doce

Escuto a melodia de seres unidos

Onde cada emoção desse amor grandioso

Fez-se pleno

Certezas vividas a dois

Almas enternecidas

Elevadas e entregues

No, mas, alto grau da histeria dos delírios

Indizível, extraordinário

Raro, incomum

Muito além...

Fui tua de alma de corpo

Hoje marcada pelo contentamento

Todo o ser se abre

Mergulhando fundo

Numa Passagem melódica infinita

De versos simples

Compondo a mais doce melodia

Que dá prazer aos sentidos

Uma canção, que embala a alma.

Voltei no tempo

De uma carência necessitada

Plenamente saciada

Nesse corpo de mulher

Eternamente apaixonada.

Longe se vão meus pensamentos

Marcados por tempos

De muita felicidade

Volto ao presente

Na certeza plena

De um porvir bem sublimado

Superior no máximo da excelência

Compondo um lindo

Soneto de um amor muito maior

Nosso ser será sempre poesia viva

Que clama o amor.

Ana Isabel (LuaSempreCheia)

Cod de texto no Recanto das Letras: T2140532

-----------------------

UM ETERNO SONHADOR SOU

Emiriano Rocha

Onde estás???

Teu Tempo ... Meu Tempo

Um Tunel ... um negro orificio???

Uma Luz... Tua Luz!!!

Percorro Tuas Espirais

Sobrevoo Mitos .. Quimeras...

Segmentos ...

Em Tempo Imortais

Mágicos ... Celestiais

Onde ficou o Mundo???

Onde ficaste Tu???

Enquanto sonho flutuo

voo poetizo

Mergulho nos mares da fantasia

Elimino a realidade fria

Idealizo

Penso ... porque não???

Assim percorro os céus do pensamento

Sem ignorar o tormento

Ausento-me desse mundo cinzento

Que nos polui... nos assola

Me eclipsando em Sumptuoso Sol...

Com sua luminancia...

Em resilência fractal

Entretanto...

A Terra cega de tanto sofrer

Em seu caudal ...

de tanto perdoar

a cegueira Universal

(Vida sem luz a ninguem consola)

Tal como a lua absorve o Sol

e por sua vez

Ambos se refletem no mar

Em luz Nosso pensamento deve nadar

Quem diria

Que reflexo do mesmo Pai

Da mesma Terra

Meu Tino jamais quebrou

Mas Sobraçou???

A razão do Ser

Da Existência ...

do sentir ou do sofrer

à origem jamais voltou

Sempre O Advir invocou

se unindo num só Firmamento

Imerso num Imenso Portal

num provir sem tormento

No Túnel Temporal!!!

Invoco os sete Elementos do Universo

Imortal Transmuto

o presente é futuro .. o passado dissoluto

O Tempo que passou ... passou!!!

Ao passado não vou retornar ...

Um Glorioso Advir Flui ...

Assim ... de "Durante" me trajo

Revivificado para amar

Dedicado pelo sonhador que fui

Ao Sonhador que sou!!!

AUTOR ... EMIR (EMIRIANO ROCHA)

Código de Texto: T2112763

EMIR (EMIRIANO ROCHA) e Ana Isabel Vasconcellos (Lua Sempre Cheia)
Enviado por EMIR (EMIRIANO ROCHA) em 04/08/2022
Código do texto: T7575004
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.