Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
SEXTINA - DIGO COM CERTEZA VOU SEMPRE APRENDER*
Publicado por: Alelos Esmeraldinus
Data: 16/01/2011
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
Sextina composta atendendo um desafio do poeta Ronaldo Rhusso.
Voz - Felipe e Fernanda TTS.
Melodia de fundo - TRIBUTO À AMIZADE, de minha autoria.
Instrumentla - Orquestra digital.

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Texto

SEXTINA - DIGO COM CERTEZA, VOU SEMPRE APRENDER*

Não sei, de fato, quando despertei
Para a vida, não posso precisar,
Mas, de uma coisa, tenho plena certeza,
Não me acomodei, quis sempre aprender.
Saber e mais saber, sede insaciável,
Desde tenra idade foi o meu desejo.

Ser mui feliz sempre foi o meu desejo
Quando pra vida um dia despertei
Aprender, conhecer, fome insaciável
Batalhar por tudo o que precisar
Transpor toda barreira pra aprender
De eu conseguir, tinha toda a certeza.

Sem vez para a dúvida, mas com certeza
Crescer, estudar, lutar era o meu desejo
Aproveitando as chances de eu aprender
Adolesci, pra vida despertei
Força e vontade iria precisar
Pra poder matar minha sede insaciável.

Em meu buscar, qual sede insaciável,
Fronteiras transpus, sempre com a certeza
Que, do Alto sempre iria precisar
De Luz pra direcionar meu desejo.
Desde que eu, para a vida, despertei
Buscando coisas boas aprender.

Me afastei do mal  pra o bem aprender,
Disciplinando o meu buscar insaciável,
Em minha fase madura despertei,
Bem convicto, mas com total certeza
Que, pra saciar-me em todo o meu desejo,
De muito siso iria precisar.

Mesmo assim, sem saber precisar
O quanto mesmo eu teria que aprender,
Que não posso ter tudo o que eu desejo,
Que nem toda fome ou sede é insaciável,
E que nem tudo na vida é só certeza,
Para esta verdade, enfim, despertei.

Enfim despertei, não vou precisar,
Digo com certeza, vou sempre aprender.
Minha fé insaciável, Pra Deus meu desejo.

Dedico esta sextina ao meu amigo Ronaldo Rhusso, grande poeta ausente.

Luna Di Primo PRIMA LUA
     ô poeta me deixa dedicar junto com voce...também sinto a
     ausência dele...e o pior que sempre que deixo minha página aberta
     para ele comentar quando vem aqui, sempre outros 'anônimos'
     aproveitam para me ofender nos comentários...deixo, aqui, um
     grande abraço para ele...Beijos de Luna

     Certo, Luna. À vontade.
Alelos Esmeraldinus
Enviado por Alelos Esmeraldinus em 16/01/2011
Reeditado em 18/02/2020
Código do texto: T2731870
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Alelos Esmeraldinus
Gama - Distrito Federal - Brasil, 96 anos
3779 textos (174498 leituras)
208 áudios (14050 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/03/21 23:09)
Alelos Esmeraldinus
Rádio Poética