Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
PASSADO - Soneto recitado de Esther Lessa p / Judd
Publicado por: JUDD MARRIOTT MENDES
Data: 03/12/2017
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
PASSADO Esther Lessa com recitação Judd Marriott Mendes, sonetos.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Esther Lessa e Judd Marriott Mendes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

PASSADO/SONETO 144 -ESTHER// PRESENTE/ SONETO- JUDD//DUETO

DEUS  SEJA  LOUVADO !

Bondoso Jesus! Recebe nesta linda manhã de sol e de esperança, os nossos corações agradecidos! Recebe nossa gratidão! Eu Te saúdo com todo o meu carinho, com meu abraço e meu beijo! Aceita minha louvação por Te conhecer! Por experimentar A Doçura De Tua Presença na minha vida! Aceita o meu sentir fervoroso de amor Por Ti, Meu Querido Senhor! Obrigada, Jesus!

***********************************************************    DUETO     ESTHER/ JUDD   //  JUDD/ ESTHER

COM   DECLAMAÇÃO  NA  VOZ  VIBRANTE  DE  JUDD

                            PASSADO   /   ESTHER  LESSA
 
       Lembro-me ainda  quando  me  deleitavas
              Com tuas  suculentas  iguarias
        E   d’  tuas  atenções  me  revestias...
          Com arte meus desejos despertavas !
 
       Em   feéricas   florestas  (eu)  passeava!
       Embriagada  d’ teu  charme  me  fazias
        Como  rios  de  amor  em  mim  corrias
       E   tomada  de  encantos  me  deixavas.
 
         Mas  um  dia, triste dia, tu  voaste
       Nas  asas  da  luzente  aurora, amado!
       Boca  louca ...  alma  triste  me   legaste.
 
          Ávido  de  ti  meu  corpo  prostrado
      Geme em lamentos se sentindo um traste
      Ah, amor meu, de repente, tudo é passado !!!
 
 *****************************************************

                                PRESENTE   /  JUDD  MARRIOTT  MENDES
     
              Amada mulher porque chora?
          O dia nasce azulando nova aurora
    Voar meu sonho? Te levo comigo vida afora
         Triste ver que a saudade te devora.
 
      Perdoa o sofrimento e este vão momento
       A ti meus pobres poemas e rouco canto
   Não conheço alma triste e sim contentamento
   Doces momentos, vida, paixão e fim de pranto.
 
       Eu entro nos teus sonhos para te fazer ver
        Não  perderás o amor que tanto imploras
        Não corro, renasço e hei de sobreviver.

        Estás na minha alma fundida na mente
            O que farás agora? Para de sofrer!
   Mulher tu es minha vida e o próprio presente!

*********************************************************

                                                                                INTERAÇÕES

                                  Confortador, sábio e querido JACOZINHO !
                               Obrigadíssima!

                                                     Quando um vai outro vem,
                                                    Quase sempre mais bonito.
                                                      Nunca sofra por ninguém,
                                                       Só preserve seu cupido...

*********************************************************
   Ah,por que  tem que  ser  assim, não é,querido poeta jbJOÃOBATISTA ?!
Obrigadíssima !

                                            As lembranças recordam o passado...
                                                   Momentos bons de alegrias...
                                                  Os agasalhos em noites frias...
                                              Ocasiões que ficamos abraçados...

                                                    Já o presente estou sozinha...
                                                    Nada resta, vivo a recordar...
                                                         Pois não posso amar...
                                                        Essa é a sorte minha...

                                                 Assim, aqui completo a missão...
                                                 Depois partirei para encontrar...
                                                 Sem você não posso continuar..

                                                      Agora falarei do futuro...
                                                     Não o vejo nesse escuro...
                                                  Buscarei a luz, e você procuro.

********************************************************
Esther Lessa
Enviado por Esther Lessa em 04/12/2017
Reeditado em 04/12/2017
Código do texto: T6189731
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
JUDD MARRIOTT MENDES
São Paulo - São Paulo - Brasil
1308 textos (34792 leituras)
507 áudios (8204 audições)
195 e-livros (5954 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 17:45)
JUDD MARRIOTT MENDES

Site do Escritor
Rádio Poética