Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
Não há quem encontre
Publicado por: R R Vieira
Data: 08/02/2020
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
Autor: R R Vieira

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Texto

Não há quem encontre

Muitos passos já contados
Muitos traços rabiscados
Tanto barro consumido
Tanto ouro destruído
Quantas vozes ouvidas
Quase todas esquecidas

Palavras ao vento lançadas
Que nunca serão recuperadas
Quanta dor
Quanto falso amor

Muitos caminhos percorridos
Quase todos perdidos
Perdidos para o tempo
Esvaziados de contento

Quando cantava
Na verdade chorava
Quando sorria
Na verdade esquecia

Esquecimento
O único consolo possível
Ao esquecido

Todo caminho que não o Um
Leva a lugar algum
Tente muitos
Tente todos
Tente algum
Para todos lugar nenhum

Os que se perdem
E os que se encontram
Todos se encontram perdidos

Não há quem encontre
Há os que se perdem se perdendo
E os que se perdem se encontrando

Não há quem encontre
Há os que são encontrados
R R Vieira
Enviado por R R Vieira em 08/02/2020
Reeditado em 08/02/2020
Código do texto: T6860933
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
R R Vieira
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 29 anos
8 textos (340 leituras)
4 áudios (132 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/02/20 23:43)
Rádio Poética