Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
ANTIDIÁRIOS DE JUNHO II
Publicado por: Marlos Degani
Data: 02/06/2020
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
TÍTULO DO POEMA: ANTIDIÁRIOS DE JUNHO II
AUTORIA E INTERPRETAÇÃO: MARLOS DEGANI


Texto

ANTIDIÁRIOS DE JUNHO II

II

Os meus versos vêm quase sempre da foto da janela aberta
— e de lá do mesmo barraco do morro e da sua luz amarela

que tinge as dobradiças da manhã num bege feito aquarela.
Pressinto aquela amargura vinda da ânsia de futuros inertes

ao preferir o pó da traça que habita nos meus livros velhos.
Encosto na claridade bronze do raio e de uma ventania fria

das dez e quinze, quando o sol de outono é amplo e ilumina
a gelosia banguela do dia; e expõe a sua madeira apodrecida.

Assisto à cena da viúva que vê o vídeo do falecido em 8mm…
E é assim que testemunho as horas e seus mil comprimidos

dos junhos que guardo na mão suada no meio da pandemia
— onde o poema se agarra nos desvãos escuros desta asfixia.
Marlos Degani
Enviado por Marlos Degani em 02/06/2020
Código do texto: T6965759
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Marlos Degani
Nova Iguaçu - Rio de Janeiro - Brasil, 51 anos
247 textos (1170 leituras)
78 áudios (579 audições)
1 e-livros (12 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/08/20 22:48)
Marlos Degani
Rádio Poética