OLHOS (Poesia recitada)

Publicado por: Fernanda Goucher
Data: 02/10/2021
Classificação de conteúdo: seguro

Créditos

Autoria: Fernanda Goucher
Narração: Fernanda Goucher
Música: Num dia qualquer (Fernanda Goucher)
Arranjo: Ed Galdino
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

( Foto tirada do Google )

Olhos

Olhos que amam, que sofrem,
distantes, buscam ao longe.
Olhos que também mentem,
e que enganam a gente.

Olhos alegres, que sorriem,
que contagiam, que choram.
Olhos inquietos, que anseiam,
que incomodam e chateiam.

Olhos maldosos, que muitos têm,
que maliciosos prejulgam.
Olhos tristes, perdidos no além,
que fracos, se entregam.

Olhos que brilham, e envolvem,
olhos azuis da cor do céu.
Olhos comuns, que muitos têm,
olhos castanhos e cor de mel.

Olhos com diferentes tonalidades,
olhos verdes, da cor do mar.
Olhos profundos, em todas as idades,
olhos negros, como a noite sem luar.

Olhos estes,  que são também,
valiosos quando perfeitos, nos guiam.
Olhos do criador, os olhos do bem,
que lá de cima, sempre nos vigiam.
Fernanda Goucher
Enviado por Fernanda Goucher em 13/09/2012
Reeditado em 05/03/2018
Código do texto: T3880810
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.