Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
Encaixes
Publicado por: airton parra sobreira
Data: 18/12/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
As vezes meu poemas correm
Na velocidade dum jabuti;
Em longos intervalos
Caindo em precipícios;
Seu casco de dura matéria
Abre-se, tornando-se ar
Muitas vezes meus poemas são:
Legos encaixando em sentimentos
Antagônico, harmônicos e abissais.
O brilho da Lua não se encaixa,
Assim como minhas alucinações;
De onde será que eles vêem?

Poema, música e interpretação de Airton Parra Sobreira

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de airton parra sobreira, site http://airtorion.spaces.live.com/ e participações nas vendas) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.

Comentários

Sobre o autor
airton parra sobreira
Indaiatuba - São Paulo - Brasil, 64 anos
1029 textos (8479 leituras)
16 áudios (211 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/01/20 08:41)
airton parra sobreira
Rádio Poética