Criança interior

Publicado por: Maria Aparecida Giacomini Dóro
Data: 29/07/2021
Classificação de conteúdo: seguro

Créditos

Música: The Sound of the Mountains - Niki Reiser

Criança interior



Cadê você, criança maravilha?
Criança livre em essência
Do Amor e da Aceitação, amada filha

Ausente...
                  
Então, cadê você, criança ferida?
Criança rebelde ou submissa
Vítima de vítima também agredida

Cadê você
, criança interior?
Criança marcada por medos e traumas
Projetando em mim o seu dissabor

Cadê você, criança carente?
Carente de Amor e Aceitação
Criança assustada, revoltada
Atrás da porta do meu coração 

Presente...
                   
Ah, meu tesouro!
Minha criança interior
Eu amo e aceito você, sim
Vem pro colo...
Vem matar sua sede de Amor!


 

Acredito que o filme "Duas Vidas" (com Bruce Willis) constitui uma das mais valiosas fontes de compreensão da nossa "criança interior" ferida e do que ela é capaz de fazer se não a resgatarmos.
Confira:
https://vimeo.com/241527539

Características naturais da "criança livre":
Capacidade de maravilhar-se com o mundo que a cerca, otimismo, ingenuidade, dependência, emoções, capacidade de recuperação, liberdade para brincar, originalidade e amor. 

A "criança interior" negligenciada e ferida no passado é a maior fonte da infelicidade humana. Se não a recuperarmos, ela continuará a agir mal, contaminando nossa vida de adultos, através de sabotagens como: co-dependência; comportamentos ofensivos/agressivos; distúrbios narcisistas; problemas de confiança; repetição do comportamento infantil externa e internamente; crenças em magias; distúrbios de relacionamento; comportamentos indisciplinados; comportamentos viciados/compulsivos; distorções do pensamento; vazio (apatia, depressão).

Fonte: Volta ao Lar - como resgatar e defender sua criança interior.
Autor: John Bradshaw
Editora: Rocco 

A Análise Transacional (AT)  e as Constelações Familiares também nos oferecem o suporte necessário para melhor compreendermos esse "Estado do Ego" e resgatarmos a criança que fomos um dia.

Foto:
   José Paulo dos Santos