Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre o autor
Joseph Shafan
São Paulo - São Paulo - Brasil, 65 anos
771 textos (160130 leituras)
25 e-livros (11220 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/05/19 05:56)
Joseph Shafan

Textos do autor
Perfil
† Huic thalamo proesto, Lucas, defensor adesto; † Marce, precare Jesum, ne simus daemonis usum; † Te precor ut damnes Phantasmata cuncta, Joannes; † Esto custos meus, Mathaeus; † Jesus, fili David, miserere mei. Amen. † In nomine Patris † et Filii † et Spiritus sancti. Amen.

==============================================
Apelo

Apelo que proponho
Diga a ela em sonho
Nosso Eterno Senhor
Eterno é meu amor

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

Ou num encantamento 
Leve ao pensamento 
Estando em devaneio 
Todo o meu anseio 

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

Saiba ela o ensejo
Desse meu desejo 
Qual o objetivo
Todo o meu motivo 

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

Minha aspiração 
Uma só ambição
Que ela e a criança 
Recebam a herança 

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

Já que não tem jeito 
E perdi o conceito 
A ti peço o favor 
Atenda o meu clamor 

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

Minha concepção 
Tenho convicção 
Para ao lamento
Aniquilamento 

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

Detentor da vida 
Eis minha ferida 
Prepara um canopo
Desfaça meu corpo 

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

Pois perdi a alma
E perdi a flama
Agora me chama 
Tudo se acalma 

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

Eu fui impedido 
Com o amor ferido 
Em lhe pedir perdão 
Até seu coração 

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

Queria o segredo 
Nesse meu degredo 
O rosto lhe daria 
Ao lado seguiria 

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

Mas no comentário 
Fui repudiado 
Ainda apaixonado
Fiquei solitário 

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

O beijo contido 
Não correspondido
Com cheiro de alho 
Nada mais eu valho

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

E aqui tristonho
Meu verso componho
Último respiro  
Sem amor suspiro

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

No vazio eu calo
No vácuo eu caio
A voz sufocada 
Não me resta nada

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

Desculpe que disse 
Que me fiz esquife
Somente tu, tu, tu
Me retira do baú

Ainda nesta noite 
Ou ao raiar o dia 
No romper da tarde
Ou ao anoitecer 

Doce libitina 
Vê se descortina 
Na minha ruína 
Cuida dessa rima

Sheloh Jo




================================================
Poema que conheci em minha infância e que me é inesquecível:
DEUS!

Eu me lembro! Eu me lembro! - Era pequeno
E brincava na praia; o mar bramia
E, erguendo o dorso altivo, sacudia
A branca escuma para o céu sereno.

E eu disse a minha mãe nesse momento:
"Que dura orquestra! Que furor insano!
"Que pode haver maior que o oceano,
"Ou que seja mais forte do que o vento?!"

Minha mãe a sorrir olhou pr'os céus
E respondeu: - "Um Ser que nós não vemos
"É maior do que o mar que nós tememos,
"Mais forte que o tufão" meu filho, ´' - Deus!"

Casemiro de Abreu - Dezembro - 1858.
_________________________________________

"A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso passará pela vida sem ver nada".

Albert Einstein de Max Wulfant (1879-1955)
_________________________________________

Desde a Aurora eu Te Procuro

Desde a aurora virei procurar-te,
meu rochedo e meu refúgio.
Quero colocar diante de ti
minha manhã e minha tarde.
Ficarei amedrontado diante de tua grandeza,
pois os teus olhos descobrem
cada pensamento do meu coraçao!
O que poderiam fazer o coração e a boca,
se abaixa a energia do meu espírito dentro de mim?
Sim, seja-te agradável o canto
de quem é somente um homem:
por isso quero louvar-te
enquanto ainda me resta um sopro divino.

Oração Judaica in Sede de Deus
_________________________________________

Busco Teu Nome

Assim,
entre as rochas,
sobre os montes,
busco Teu nome.
Busco Teu nome
como o buscam os pássaros
voando pelos céus,
os peixes nadando pelos mares,
os antílopes correndo pelas planícies.
Como o homem que ama e deseja,
busco Teu nome: Deus...

Amo Teu nome.
Canto Teus louvores,
agradeço,
enumero e digo Teus atributos.
Amo Teu nome.

Conheci o mundo e as coisas.
Aprendi.
E, apesar de tudo,
não conheço nem o mundo nem as coisas.

Minha cabeça está descoberta,
descalço os meus pés,
A tudo renuncio;
sigo, porém, buscando o Teu nome...

Com a voz de todos aqueles
que Te amam e Te chamam:
Amo Teu nome.

YUNUS EMRÉ (Islã)
_________________________________________

Porque não há coisa encoberta que não haja de manifestar-se, nem coisa secreta que não haja de saber-se e vir à luz.

Jesus. (Lucas, 8:17.)
_______________________________________

MARCOS [4]

22 Porque nada está encoberto senão para ser manifesto; e nada foi escondido senão para vir à luz.

23 Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça.
_______________________________________
"NA VIDA, NESSAS VOLTAS QUE O MUNDO DÁ, ACABAMOS NOS ENCONTRANDO COM AQUILO QUE PROVOCAMOS...MAIS DIA, MENOS DIA..."
Hélio Ribeiro [O poder da mensagem]
_________________________________________

"SÓ HÁ SOMBRA, ONDE HÁ LUZ."
[anônimo]
_________________________________________

Site do Escritor


Última atualização em 25/05/19 05:56