Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

22

Hoje tenho 22 anos, mas há em mim uma intensidade que já permitiu viver mais ou menos uns 22 mil anos. Viajei e estive em tantos lugares que você nem em sonhos conheceu, e desses lugares absorvi uma diversidade interessantíssima de culturas por que ao bom observador é preciso compreensão e respeito quanto a todos. Isso me permitiu e permite analisar o mundo e as pessoas cada vez com mais precisão, os belos olhos verdes ganharam treinos intensos pra aferir o que é real e o que é ilusório.
A dignidade no tratamento sempre foi regra básica para evitar conflitos culturais e aborrecimentos desnecessários, é por isso que tenho amigos em todas as camadas sociais e em todas as regiões que passei ou estive por algum tempo.
Aprendi a dar valor aos bons livros e dou a devida atenção pro mesmo assim que o vejo. Eles são janelas de outras almas que já queimaram tão intensamente a ponto de deixar o seu legado para o tempo, são sem dúvidas um exemplo pra mim: tenho de deixar a minha pegada no tempo de forma contundente, sei que sou capaz disso e há progressos nesse sentido.
Posso proporcionar tantas coisas que acabo me surpreendendo... Minha criatividade desconhece limites, sou um romântico incontestável e convicto das decisões que toma. Não há espaço para arrependimentos, pois dou o melhor de mim sempre. Eu faço sonhar e me orgulho disso, e me orgulho mais ainda de saber que posso transformar a maior parte dos mesmos em realidade.
Em tempo, presenciei tantas peças teatrais, tantos filmes magistrais que a memória prega peças ao bel prazer... É muita informação, a mente produz em larga escala as sensações que valem o registro. O curioso é que até os lugares mais inóspitos podem ser capazes de dar vida a momentos inesquecíveis...
Quem vai tentando conhecer, e se sujeita a desvendar os mistérios dificilmente arrepende-se, mas ter inteligência o suficiente para me acompanhar é vital. Tenho assunto pra tantas voltas que o ponteiro do teu relógio consiga dar.
Conheço história & estórias, mas não deixo as atualidades de lado, elas não podem fugir da percepção, pois é agora o tempo de viver, sempre será agora. Encarar tempestades, calmarias, oceanos, pedras, rios, céus, constelações, sensações... Não interessa o que caia diante de nossos olhos, eu jamais temerei!
Sigo em frente, com a eterna construção do meu ser, e acompanhe-me se fores capaz!
Kahn
Enviado por Kahn em 03/11/2009
Código do texto: T1903663

Comentários

Sobre o autor
Kahn
Chapecó - Santa Catarina - Brasil, 33 anos
81 textos (2922 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 20:20)
Kahn