Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estação (fragmento)

Às vezes eu lia na estação
E dormiam meus irmãos
Deitados na linha do trem
Sonhavam que dormiam bem
O chão era o colchão
O dormente o travesseiro
Onde eles encostavam as faces
Em frente ao Regina Pácis
Próximo a ponte de ferro
Mais um grito, mais um berro.
Alber Liberato
Enviado por Alber Liberato em 30/06/2020
Código do texto: T6992392
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Alber Liberato
Crateús - Ceará - Brasil, 51 anos
143 textos (7238 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/07/20 17:40)
Alber Liberato