Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

*PARTE DE MIM*

Vania Staggemeier

 

Meu mundo sempre foi...

Feito de sonhos...

Nem sempre consegui realizá-los...

Mas nem por isto eu desisto...

Sai pro mundo muito cedo...

Sem noção nenhuma dos perigos...

Sonhava desde menina cair no mundo...

Ser mãe aos doze anos...

Nunca casar.

 

Mas eu sonhava como ainda sonho...

Trabalhar num circo era tudo o que mais eu queria...

O tempo passando meu pai há este era um homem...

Alemão sem carinho algum Apanhei muito dele...

Mas nunca desisti de fugir dele...

Menina ainda com oito anos de idade...

Estudava numa escola no interior do sul...

 

Era minha maior diversão ir a escola...

Pois longe de meu pai eu ficava...

Num certo dia de voltava pra casa...

Eu voltava a pé era 10klm. da escola até minha casa a pé...

Não existia ônibus nem carro neste lugar...

Pra se ter idéia o nome chama-se “BOCA DA PICADA”..

Mas eu amava voltava feliz com os livros embaixo dos braços...

Corria atravessava os rios amava a liberdade...

 

Era por vezes corrida pelos cachorros da vizinhança...

Para chegar mais cedo cortava atalho pelas terras dos vizinhos...

Comia muita fruta no pé dos arvoredos dos vizinhos...

Eu era inquieta saltitante quando menina...

Meu avô dizia que eu tinha um bichinho carpinteiro..

 

Aos dezesseis anos fugi de casa eu estava grávida...

Meus pais separados...

Mas o pai de meus filhos não me deixou sozinha...

Quis assumir o filho do qual eu tanto sonhei ser mãe muito cedo...

Realizei meu sonho meu maior desejo e hoje sou realizada...

 Com um casal de filhos que Deus me deu...

 

Meu desejo era três filhos...

Mas corri risco de vida na gravidez de minha filha...

NO parto dela eu morri...

Viajei, mas os anjos me fizeram voltar...

Hoje eu acredito no poder de Deus e de meus Anjos...

Que nunca me abandonaram...

 

Tentei adotar uma criança, mas as leis...

 Sempre foram complicadas...

Desisti hoje segui outros caminhos...

Muito de meus sonhos se realizou...

Assim eu digo o Amor é uma sorte...

Talvez a minha ainda viaja por ai...

 

Há pessoas a quem falta saúde, outras uma família...

Outras a realização profissional...

E há também mulheres que nunca conheceram...

 Suas famílias pai e mãe...

Ou que nunca conseguiram ter filhos...

 

Outras trabalham uma vida inteira, pensando...

Que a felicidade está ali no dinheiro, na vida social...

Outras tantas também trabalham e nunca conseguem...

 Juntar dinheiro suficiente...

 

E eu digo na dimensão do Cosmo há sempre uma parte falha...

Na minha eu digo realizei muito mais do que planejei...

Mas ainda falta e eu sonho... Sonho... Sonho!

Ainda viver um amor incondicional!

Liberto de todos os preconceitos...

Às vezes me imagino homem...

Outras uma libélula...

Talvez uma mulher...

 

Heitaaa...

Mas a magia da vida continua...

Sou feliz com amores e desamores...

Sou um aprendiz da qual nesta vida...

Sei que não vim só a passeio...

 

Quem sabe o amor um dia me encontre...

E assim eu sigo...

Em busca do novo...

Com a nobreza da esperança a me acompanhar!

Aperfeiçoando minhas qualidades...

Tentando entender meus erros...

E o desamor no mundo!

Psiu... A palavra "odio" nunca existiu nem existirá no meu coração!

Amor... sempre... compreender é meu lema!

 

Meu carinho a todos deste recanto!

 

Em algum lugar...

Um magico dia!

Vania Staggemeier
Enviado por Vania Staggemeier em 15/05/2008
Reeditado em 12/06/2013
Código do texto: T990381
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Vania Staggemeier
Atibaia - São Paulo - Brasil
1535 textos (215987 leituras)
8 áudios (102682 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 18:51)
Vania Staggemeier