Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

***EU TENHO VOCÊ SOB A MINHA PELE (Versão carta) ***

  ***EU TENHO VOCÊ SOB A MINHA PELE (Versão carta) ***

Eu não importo de ser um tolo e bobo na sua linda vida, eu amo você isso pra mim é o quer importa, a minha verdade plena. Um amor igual ao nosso, não existe, eu não tenho dúvida disso, amar você é meu presente diário, uma vida inteira construída pelo nosso amor. Todo o meu amor é seu, minha mulher/moça/menina. Eterno amor dos desejos a nossa fiel, prazerosa sina, somos a rotina não importamos repetir os mesmo caminhos a nossa vidinha diária coberta de amor e sedução. Nada será como antes, somos a água potável da mina, hoje e sempre a estrofe e rima do poeta, a leoa felina que não dar folga a sua única caça que sou eu. O nosso ousado amor que carregamos no peito: A doce vitamina. Vidas que transportam, transbordam e respiram o ar da felicidade. O seu amor é imenso me fez ver a vida, de um modo diferente me mostrou a sua verdade. Caminhar ao teu lado é como ter a lua vigiando a nossa liberdade, afinal o amar é a verdade absoluta da vida. Estrela maior deste tolo e bobo coração, que tem o peso da idade, pois, ainda nos sentimos os velhos jovens, jovens de coração. Só mesmo você é capaz te amar um velho meio turrão e de coração pra lá de tolo e bobo por você tenho. Os meus defeitos são tantos, um chato sempre em ação que a chama de benzinho, eu te amo pra sempre, és o meu sol na escuridão, a razão da minha vida. Amá-la é o meu infiel defeito, culpa do meu coração valente. A minha vida hoje traz a paz e a plenitude de todos os sentimentos meus juntos, esse infinito amor nasceu sem palavras naquele belo momento à nuança da vida, o som e o toque das mãos no firmamento. Haja vista que seu amor e o tempero o nosso complemento. A minha vida sem você, eu morreria você o meu alimento a presença sempre constante, a rainha do lar e do meu coração. Penso em você todos os segundos do meu dia, eu amo você. Minha linda mulher, eu penso em você exclusivamente só em você, vivo fielmente a tua mercê. Na luz, na câmara do meu olhar, na ação deste poeta compondo versos em acrósticos ou em carta pra te oferecer. Eu e você os amante que venceu os anos ainda temos anos pra vencê-los, pois, ainda somos tão jovens nos conhecemos, até parece que foi ontem, ou foi agora mesmo, um amor que renasce como o encontro primeiro todos os segundos. Eu continuo sendo o tolo, o bobo em suas mãos, você é o meu ser. Você pode estar em qualquer lugar mesmo longe sinto a tua presença, esteja certo que só vencer os anos aquele que é capaz de ceder. Essa coisa de ser machista, já passou um bom papo pode resolver tudo, afinal errar faz parte da natureza humana pedir desculpas você pode é só querer, é uma questão de sapiência. Lembre sempre eu tenho você sob a minha pele, eu te amo minha querida mulher.

José Aprígio da Silva.
Águas lindas de Goiás/GO
15/09/08 – 23h27

   
 

JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 15/09/2008
Reeditado em 15/09/2008
Código do texto: T1180078

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 61 anos
1920 textos (183077 leituras)
1 áudios (52 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/04/21 16:27)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA