Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta para Ti - XI

Carta para Ti - XI

No olhar, a solidão escreve uma história de silêncios e saudades.
Desperto entre lembranças e sonhos, ignorando a tua ausência. Em mim, tudo celebra a tua existência, a dádiva de saber-te em todos os meus momentos, em todos os meus pensamentos...não há fronteiras para o olhar, quando o coração viaja através da paisagem do amor.
Aconchega-se em minha memória os dias vividos...o olhar detém o instante mágico do abraço, o carinho trocado no silêncio de todas as esperas...recapitulo os dias de fascínio indescritíveis, quando o meu corpo deixou-se acolher na alegria do teu, cúmplices de ternuras, prazeres e anseios, na certeza de ter o desejo mais intimo compreendido.
Em mim ainda permanece, a linguagem de tremores e arrepios que tuas mãos compuseram para o meu corpo... E bordaste nossas noites de estrelas, deixando-te cada vez mais em mim. Conduziste-me as paisagens que tanto sonhei, surpreendendo meus passos desavisados e o cansaço das minhas desesperanças. E fui tua, enquanto deitavas o perfume da lua em minhas mais sublimes emoções. E fui tua, quando teu olhar despiu-me em carícias. E foste porto seguro para o meu coração, até então naufrago em águas de desencantos.
Em todas as minhas lembranças, a confissão da ternura dos teus olhares, quando do amanhecer dos teus sonhos despertando ao lado dos meus.
Em minha saudade, a felicidade ainda sorri, envolta em afagos e consentimentos de plena entrega. Em meus lábios ainda arde uma saudade que me beija.
Deixaste em mim a fragrância deste amor, que me convida à eternidade.
Em meu olhar há esperanças que apenas sussurram o teu nome para a saudade, porque o teu caminho agora me reconhece como teu destino possível.

Fernanda Guimarães
Fernanda Guimarães
Enviado por Fernanda Guimarães em 01/05/2009
Reeditado em 08/06/2014
Código do texto: T1569565
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Guimarães
Fortaleza - Ceará - Brasil
430 textos (66604 leituras)
9 áudios (1845 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/06/19 08:47)
Fernanda Guimarães