Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando acordo (amor)

Quando acordo e abro os meus olhos,
lentamente o meu sorriso se esvai,
pois conforme vou acordando,
a realidade vem chegando...

...e lembro desta algoz distância
que separa os meus lábios
dos doces sorrisos teus...
Sorrisos que me levam aos céus...

Quando acordo e abro os meus olhos,
em minha face sonolenta
brilha o sorriso que germinou
naquela noite primeira em que te beijei...

É tão triste pra mim
não poder sentir todos os dias
aquela tão forte alegria
de poder sentir teus abraços...
Poeta Devaneador
Enviado por Poeta Devaneador em 03/06/2006
Reeditado em 12/07/2008
Código do texto: T168967


Comentários

Sobre o autor
Poeta Devaneador
Rondonópolis - Mato Grosso - Brasil, 33 anos
82 textos (3918 leituras)
1 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/04/20 11:53)
Poeta Devaneador