Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Há como eu queria poder dizer

Há como queria poder dizer, dizer coisas, coisas que ainda não podeis entender, pois lamentavelmente ainda flutuais, no absorto mundo individual  que nos separa.
Entenderas um dia, quando os olhos do seu coração estiverem abertos para mim, então poderei dizer que você pra mim e como o sol o ar as noites e os dias...,
E tudo isso assim, porque não posso ficar aqui sozinho a espera que um dia você venhas para  mim.
Vou lutar por mim, por ti, porque você pra mim, e bem mais que o tempo, esse tempo que tudo muda, o verão, a primavera, as noites e os dias...,
Mas diante do que sinto por você, o tempo esse tempo e tão frágil impotente por mas que eu tente, não consigo esquecer você, assim tão linda tão bela minha linda Cinderela.
Meu amor, fecha os olhos para olhar o amor, o mesmo amor que nunca esteve ausente, e que ainda não o descobriste em ti, meu vaso precioso guardais em ti o mundo maravilhoso dos meus sonhos, de todos os meus sonhos...,
Que nus’ busquemos  agora, para que não nos percamos nos labirintos da solidão, buscarei em ti minha fonte de vida, a ancora para a calma e o sossego em águas tranqüilas.

jerry adriano
Enviado por jerry adriano em 24/01/2007
Código do texto: T357354

Comentários

Sobre o autor
jerry adriano
Palmeira dos Índios - Alagoas - Brasil, 50 anos
53 textos (6651 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 01:24)
jerry adriano