Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Pior Geografia

Hoje eu não quero fazer nada.
Nem quero pensar em nada.
Não quero ressuscitar lembranças e emoções amargas.
Porque ontem eu sonhei...
Como um maluco eu sonhei...
Que no oceano eu me afogava,
E o Golfo de Tarasto me engolia.
Aí, eu me salvei nadando pelas terras da Hungria.
Mas, de repente eu me afoguei no Estreito de Gibraltar.
Eu fiz de tudo para não me afundar,
Mas as correntezas do mundo são fortes demais
Pra quem é sensível, então é melhor nem tentar.
Eu lhe aconselho a acordar...
Você é magrinha, eu sei, mas não tente se aventurar
A atravessar o traiçoeiro Estreito de Gibraltar.
(Você vai se entalar).
Você irá naufragar se não entender as metáforas.
Eu não quero ter que lhe resgatar no Canal da Mancha.
Mas gostaria de lhe dar um banho e lhe tirar desta lama.
Apesar de tudo quero estar do seu lado
Mas não me obrigue a naufragar o meu barco
Nas frias águas do Pacífico mar revoltado
Porque eu não lhe darei o gosto...
Eu não irei com você.
Me mandarei pra Turquia, quando você aprender a pior Geografia.

03 de Março de 2003
Fernanda Reis
Enviado por Fernanda Reis em 26/02/2007
Código do texto: T393934

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Reis
São Carlos - São Paulo - Brasil, 34 anos
132 textos (4872 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/20 11:54)
Fernanda Reis