Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

2° Manifesto: de amigo Brasil junho, 2014, por Lucas Belém Tavares

 Hoje teve o jogo do Brasil na copa do mundo no Brasil.
Um amigo perguntou-me: - “vai torcer pelo time rival ao Brasil?” e deu uma risadinha irônica.
 Meu amigo desculpa!
Não sou patriota, ou melhor, sou patriota demais pra ser enganado, iludido, ludibriado por algumas pessoas e deixar que elas usem os meus próprios sentimentos para esconder "lesões", "maltratos", "cânceres", que a anos vem matando lentamente o "corpo" da população brasileira.
Amigo, não estou falando de um partido ou de um político em questão [...]
Amigo perdoa-me, pois não consigo ser “o herói” que o senhor é, não consigo esquecer-me de tudo que vejo todos os dias, e para em apenas 90 minutos, encher-me de um sentimento nacionalistas exacerbado o suficiente para fazer-me gritar gol, e aplaudir de pé tão “nobre ato heróico” de jogador que ganha em volta de 3 milhões por mês.
Amigo sou só um pobre e miserável homem, que aos 20 anos de idade, preciso todos os dias sair da casa da minha avó, em volta das 5 ás 6 horas da manhã(em muitas vezes bambeando de sono), pego o ônibus já com dezenas de pessoas igual a mim que pagam R$ 2,40  em uma passagem de ônibus, R$ 2,40 que não nós dar o direito de entrar com todo o corpo nos primeiros 30 minutos de viagem(virou banal a cena de varias pessoas irem durante a viagem na porta, com metade do corpo pra fora do ônibus).
É amigo todos os dias, milhares de trabalhadores passam por isso, só faltam morrer ao simples movimento de pega ônibus para trabalhar.
Amigo, ir para o trabalho é a coisa mais fácil, o difícil mesmo é trabalhar 4 horas, estudar 12, passar 2 no ônibus e dormindo 6, isso tudo, para ter um mínimo de chance de conseguir uma vaga na universidade pública, “corro 12 horas todos os dias” atrás de uma educação que o estado não proporcionou em 20 anos. Estudei em duas escolas municipais, 3 estaduais e tenho uma certeza de não saber qual é a "menos pior", pensei que fosse o único a passar por essa experiência ruim, mas com uma simples pesquisa fica provado que sou só mais um de um montante.
Amigo! Semana passada, por causa da correria dos meus dias, passei mau e com sintomas de pneumonia foi parar no SUS (sistema único de saúde), me notei dentro de um sistema deteriorado, acabado, sucateado etc.
Vi a morte de perto, de um jeito que nunca tinha visto (devagar e esmagadora). Para bater um simples raio x teve que passar por 2 postos comunitário, 4 hospitais, e ainda "colocar pressão” dizendo que trabalho na FUNASA.
É amigo, eu sei que você é um herói, que mesmo sabendo que os três maiores sistemas populares (transporte, educação e saúde), estão “plutonicaidos” ( fora do sistema solar), o senhor ainda conseguir esquecer de tudo é amar a ideologia de que seu país esta bem.
Amigo, salva-me!
E ensina-me como suportar essa ideologia patriota que inibe as nossas dores.
Lucas Belem
Enviado por Lucas Belem em 25/06/2014
Reeditado em 27/06/2014
Código do texto: T4857963
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (2° Manifesto: de amigo Brasil junho, 2014, por Lucas Belém Tavares). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Belem
Ananindeua - Pará - Brasil, 25 anos
29 textos (1010 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/19 11:31)
Lucas Belem