Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM BIÊTE DI AMÔ

UM BIETE DI AMÔ
Marcial Salaverry
 
Mariquinha, zamô dieu, porveito pra ti escrevê este biete,
pru causa di que zonti fiquei pensando
como tá tristi cê longi dieu...
Inté comecei a poetá...
Garrei pensá
como ia sê maimiódibão nois namorá,
sentadinho junto na luz do luá...
Seria maimiódibão nois passiá
de mãozinha dada,
vendo as estrela briá...
Pensa zamô, esti cabôco só qué ti amá...
Quero cocê mi casá...
Só ispero ocê mi aceitá...
Dizpreu, pru favô, qui nói vai conversá...
Prometo ti faze filiz, socê tumen mi amá...
E pra modi nois papiá...
Ti convido prum cinema, pra começá...
Só ispero tua risposta chegá,
pra começa a festejá...
Aravejasó...Cinema é um trem bão
pra si namorá... arasié...
Simbora zamô, vem maisieu..
Teu Zebedeu...
 
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 28/06/2015
Código do texto: T5292599
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 80 anos
22323 textos (2348672 leituras)
3 áudios (928 audições)
6 e-livros (2181 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/07/19 20:21)
Marcial Salaverry