Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrimas desesperadas

Lágrimas são coisas das quais já nem tenho o alto-controle. Elas vêm sem motivo e estão tomando conta do meu dia-dia.
Sinto-me sozinha e abandonada, completamente esquecida.
Às vezes grito em silêncio, fazendo eco nas emoções escondidas.
Às vezes me escondo sobre a capa da invisibilidade, para que ninguém veja esse desespero.
Como se um buraco abrisse no chão, me cobrindo por completo em sua escuridão.
Não tenho motivo de tanto sofrimento, mais mesmo assim sinto que a cada dia estou morrendo.
Minha voz se tornou gemidos, gemidos se tornaram dores e essas dores são minhas lágrimas.
Lágrimas de dúvidas, de perguntas e de uma cabeça confusa.
Soluço com os olhos, para não aparentar essa total solidão.
Pareço forte e segura, mais só as paredes sabem o segredo que me tortura.
Tenho vontade de fugir esquecer tudo, mais quando olho pra traz lembro de bons momentos, sentindo saudade daquela garotinha bobinha e sonhadora sem preocupação.
Sinto saudade de seu sorriso mais inocente, das gargalhadas estridentes.
Que agora são molhados por lágrimas. Lágrimas desesperadas.

Denise Ponciano
Enviado por Denise Ponciano em 19/07/2007
Código do texto: T571070


Comentários

Sobre a autora
Denise Ponciano
Serra - Espírito Santo - Brasil, 33 anos
84 textos (11986 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/05/21 01:04)
Denise Ponciano